Atualizacao de efetivo UNPOL na MINUSTAH/Haiti (10 de maio de 2014)

Na presente data, o Brasil conta com o maior efetivo de policiais militar ja empregados no Haiti, com um total de 18 policiais:

– 12 policiais da PMDF
– 02 policial da PMPE
– 01 policial da PMAL
– 01 policial da PMSP
– 01 policial da PMERJ
– 01 policial da PMCE

Dos 18 UNPOLs, apenas 02 sao mulheres e 03 estao em sua primeira missao.

Mais outros 02 brasileiros ja receberam seu Deployment Tracking (DT) com chegada prevista para o mes de maio e outros 02 estao com problemas para emissao do Travel Auhorization (TA) ha mais de 2 meses e ate o momento nada foi resolvido. Mesmo com o fim de missao de 03 oficiais em junho, existe possibilidade real de 22 policiais militares como UNPOLs no Haiti até a referida data.

O Brasil hoje representa 2,1% do efetivo de policiais na MINUSTAH.

Published in: on maio 10, 2014 at 4:03 pm  Deixe um comentário  

Policiais brasileiros são condecorados na MINUSTAH (Haiti)

No dia 11 de março de 2013, no Gabinete do Comissário da Polícia da ONU na MINUSTAH, Luís Miguel Carrilho (Portugal), o Major PMPE Robson Cordeiro e o 1 Tenente PMSE Moraes foram condecorados com a medalha da ONU pelos relevantes serviços prestados em prol da paz e segurança no Haiti.

Parabéns aos oficiais!

Medalha Haiti  - Robson e Moraes

Foto: Sentados (Tenente Moraes, Comissário L. Carrilho e Major Robson)

Published in: on março 31, 2013 at 4:05 am  Comments (3)  

Brasil aumenta efetivo policial no Haiti

O Governo brasileiro tem promovido ações no sentido de aumentar o efetivo de policiais militares a fim de integrar o Componente Policial (United Nations Police – UNPOL) na Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH).

O efetivo brasileiro, desde 2004, contou com apenas 04 vagas, e tem hoje 02 oficiais in locu (01 Major da PMPE e 1 Tenente PMSE). Ocorre que outros 05 oficiais tiveram recentemente seus curriculum aprovados pelo Departamento de Operações de Manutenção da Paz (DPKO) da Organização das Nações Unidas (ONU) e também passaram na avaliação oral (por telefone) realizada pela Police Division do DPKO.

Os policiais militares aguardam apenas a chegada da Autorização de Viagem (Travel Authorization – TA) para marcarem seus voos, o que permitirá a maior presença PM no Haiti, 07 policiais militares.

É motivo de destaque a presença de 02 policiais militares femininas, sendo elas as primeiras mulheres policiais brasileiras a integrar a MINUSTAH até hoje.

A previsão de chegada na área da Missão é para o fim de outubro/novembro.

Importante destacar as articulações do Ministério das Relações Exteriores (MRE) do país, que tem percebido a importância do aumento da presença do nosso efetivo policial nas Missões de Paz, que tão bem tem representado o Brasil a serviço da ONU.

Os governos estaduais e do Distrito Federal e os comandos-gerais das Corporações Policiais Militares tem se envolvido a cada dia mais na cessão de seus efetivos, contribuíndo para a imagem e objetivos externos do país, percebendo ainda o retorno que esses profissionais podem fornecer as instituições quando de seu regresso.

Trata-se não apenas de representar seus estados e Corporações, mas esses profissionais adicionam em seus uniformes a bandeira nacional brasileira como símbolo máximo da nossa representatividade policial em ações de paz e segurança no mundo.

Sérgio Carrera

Published in: on outubro 14, 2012 at 3:56 am  Deixe um comentário  

Major Unpol BECKER recebe medalha CRUZ DA PAZ da FEB durante Missão no Timor Leste

Por Major PMMA Aureci Becker.

Em 2010 a ANVFEB alcançou o mundo, pois esta foi a primeira cerimônia de entrega da Medalha Cruz da Paz fora do Brasil e em uma das Nações mais distantes do nosso país: o Timor Leste.

DESSA FEITA, 10 personalidades foram agraciadas ao longo do último trimestre de 2009, sendo 4 brasileiros e 3 estrangeiros, um de Singapura, um das Filipinas e o outro da Malásia.

Faltavam ainda 3 brasileiros, dentre eles o Excelentíssimo Senhor Embaixador do Brasil no Timor Leste. Assim sendo, em Cerimônia oficial realizada no dia 11 de Fevereiro de 2010, na Embaixada Brasileira do Timor Leste, teve lugar então essa emocionante homenagem.

Maj Aureo Ribeiro Vieira da Silva, do Exercito Brasileiro, Oficial de Ligação da UNMIT no Timor Leste,  fez a entrega em ato solene.

Embaixador Edson Monteiro e Maj PMMA Becker, os agraciados ocupando a posição para a cerimônia. O Senhor Cônsul Décio Teixeira conduziu a cerimônia, que foi composta dos seguintes eventos:

-Finalidade da Cerimônia;

–Canto do Hino Nacional;

–Palavras do Maj Vieira Silva;

–Entrega de Condecorações;

–Palavras do Embaixador;

–Cumprimentos aos agraciados;

–Um brinde à PAZ, oferecido pelo Senhor Embaixador.

No evento, participaram os funcionários da Embaixada, os agraciados, o Cap UNPOL Vilaca-PMPE e os convidados do Embaixador, na maioria professores brasileiros que estão em missão oficial em Dili, no Timor Leste.

O Maj Vieira Silva antes de fazer uso da palavra relembrou a todos que o Brasil foi o único país da América Latina a ter participado da 2ª Guerra Mundial e  que sua presença no evento se fazia em função de ter sido o proponente da Medalha para os agraciados.

O Maj UNPOL Becker recebeu nesse dia sua terceira medalha em uma única missão de paz , juntamente com as medalhas a serviço da paz e solidariedade de Timor Leste.

O Chefe do Contingente PM brasileiro no Timor, Cel PMDF, também foi condecorado.

Published in: on abril 25, 2011 at 2:36 am  Comments (1)  

Capitão PMPE Domingos em suas atividades diárias na Missão de Paz da ONU no Timor Leste (2010/2011)

O Capitão da Polícia Militar de Pernambuco, Domingos Lindoso da Silva Lorena, encontra-se integrando a Polícia da ONU (United Nations Police – UNPOL)  desde o segundo semestre de 2010.

O Capitão Domingos foi designado para servir no distrito de Covalima, fronteira com a Indonésia. Ele seguiu juntamente com o Tenente Nelson Vieira da PMESP. Em pouco tempo fomos colocados em funções interessantes no Distrito. O Tenente Nelson é o Mentoring Officer, responsável pelo planejamento de todo o treinamento da PNTL (Polícia Nacional do Timor Leste) e o Capitão Domingos foi substituir um colega de Portugal que estava de recesso (CTO).

Domingos ficou temporariamente como Oficial de Operações (Operations Officer). Com o tempo, participou de processo seletivo na ONU para a função de Subcomandante do Distrito e depois de uma entrevista com um painel composto por cinco outros UNPOLs foi designado pelo Comissário da Polícia da ONU (Police Commissioner) como Subcomandante do Distrito (Deputy District Commander). Isso se deu no final de julho de 2010. Desde então o Capitão Domingos estão desenvolvendo um trabalho muito importante e de destaque no Distrito.

Parabéns ao Capitão Domingos e a Polícia Militar de Pernambuco por permitir, ceder e investir em seus policiais militares para representar o Brasil em Operações de Paz da ONU em vários continentes.

Abaixo algumas fotos de suas atividades na promoção da paz no Timor Leste.

Sérgio Carrera

O Capitão Domingos em um briefing do planejamento operacional da Visita do Primeiro Ministro do Timor Leste em Suai, o Xanana Gusmão. Ele estava transmitindo as missões para os Policiais da ONU (United Nations Police – UNPOL). Nesse período, ele estava na função de Oficial de Operações (Operations Officer).

O Capitão Domingos em atividades de mentoring para os policiais timorenses.

“Fizemos uma campanha educativa de trânsito, cujo foco era segurança para os motociclistas. Estava repassando o planejado tanto para os UNPOL quanto para os PNTL (policiais nacionais do Timor Leste).”

Foto (acima) tirada durante a execução do plano de segurança para a visita do Xanana no Sub distrito de Zumalae. O grupo é de guerreiros mauberes, tradicionais no Timor Leste.

Na foto acima, o Capitão Domingos, da PM de Pernambuco, joga futebol com crianças de uma escola no sub distrito de Fohorem, região de montanhas da nossa AOR.

“As últimas duas fotos são do programa de policiamento comunitário em Suai, capital do distrito de Covalima, do qual sou deputy commander hoje. Estamos dando aulas de inglês para crianças de uma comunidade próxima à nossa base. Essa atividade foi muito importante, pois essa escola fica dentro de uma missão evengélica conduzida por brasileiros, que tem sido muito atacada em outros distritos por causa da intolerância religiosa de uma maioria violenta. Em quatro dos treze distritos do Timor Leste essa maioria apedrejou as igrejas evangélicas, incendiou suas instalações e espancou os missionários. Tal problema figura nos relatórios de Direitos Humanos daqui do Timor como uma das maiores violações à liberdade de culto religioso.” (Capitão Domingos, Polícia Militar de Pernambuco)

 “Em Suai, por causa da presença constante da UNPOL nessas aulas de inglês, os mais radicais se acalmaram e, pelo menos, não cometeram até agora, desde que chegamos aqui, os mesmos atos de violência contra essa minoria evengélica. A comundade está tendo a oportunidade de ver que esses religiosos não representam o perigo que dizem e, assim, as pessoas podem desfrutar de outros programas de capacitação para o trabalho que os missionários promovem. Independente da questão religiosa, eles ensinam ao povo coisas como corte e costura, culinária, português, etc. Capacitações que geram uma certa renda extra para as famílias. Até agora esse programa de policiamento está dando certo na medida em que os problemas de segurança envolvendo religião diminuíram em Suai, em relação há dois anos atrás.” (Capitão Domingos, Polícia Militar de Pernambuco)

Published in: on fevereiro 28, 2011 at 1:18 am  Comments (1)  

Policiais militares brasileiros chegam ao Timor Leste para compor Missão de Paz da ONU (2010-2011)

O efetivo policial militar brasileiro chegou nos últimos dias em Dili, capital do Timor Leste, a fim de incorporar a Polícia da ONU (UNPOL). Eles encontram-se na induction training week e nos próximos dias serão classificados.

Efetivo UNPOL Brasil no Timor Leste 2010/2011:

(05) Coronel PMDF Matias, Coronel PMDF Edilson, o Maj PMAL Rhonady, o Capitão PMPE Domingos e o  1 Ten PMESP Vieira.

Sorte aos nobres policiais militares boinas azuis!

SC

Published in: on junho 24, 2010 at 12:13 am  Deixe um comentário  

Estágio de Preparação para Missões de Paz 2010/1 – CIOPAZ

O Estágio de Preparação para Missões de Paz 2010/1, realizado no Centro Sérgio Vieira de Mello, CIOPaz – Rio de Janeiro do Exército Brasileiro, contou com a participação de 08 policiais militares:

Cel PMDF Edilson
Cel PMDF Matias
Maj PMAL Rhonad
Cap PMPE Domingos
1° Ten PMESP Nelson Vieira
1° Ten PMBA Pujol
2° Ten PMPR Azevedo
2° Ten PMPR Sacchelli

O Cel Edilson, Cel Matias, Maj Rhonad, Cap Domingos e o 1° Ten PMESP Vieira estão embarcando no dia 13 de junho para o Timor Leste.

O 1° Ten Pujol e o 2° Ten Azevedo estão designados para o Haiti, porém aguardando ainda a entrevista com o pessoal da ONU sem data prevista para a viagem…provavelmente entre agosto e novembro.

O 2° Ten Sacchelli que irá para o Sudão também está na mesma situação aguardando a entrevista e sem data para embarque ainda.

O Estágio teve a presença de 28 oficiais do Exército Brasileiro, 08 Policiais Militares e 04 oficiais de nações amigas (Suriname, Inglaterra, Paraguai e Colômbia)

Após 186hrs de teoria e prática e 25 dias dentro de containers, o aprendizado e os laços de amizade foram concretizados com êxito, demonstrando mais uma vez o grande potencial dos policiais brasileiros neste cenário das Nações Unidas.

“Gostaria de ressaltar que todos nós fomos muito bem recebidos pela equipe de instrução  e pelo comando da unidade do EB…Com agradecimento em especial ao Cap Júlio César (chefe da equipe) e do Cel Pessôa (comandante do CIOPaz).” (Tenente Pujol)

Agradeço a participação do Tenente Pujol e esteja sempre certo de poder utilizar este espaço quando desejar!

Sucesso!

Sérgio Carrera

Published in: on junho 5, 2010 at 8:50 pm  Comments (2)  

Policiais militares brasileiros são condecorados com a Medalha da Solidariedade de Timor Leste

 

Capitão PMPE Augusto Vilaça remete informações sobre condecoração de policiais militares brasileiros no Timor Leste: 

“Atendendo à recomendação assinada pelo Embaixador do Brasil em Timor Leste, Dr. Edson Marinho Duarte Monteiro, o Exmº Dr José Ramos Horta, Presidente da República Democrática de Timor Leste, concedeu aos brasileiros componentes do atual contingente de UNPOL na UNMIT, a Medalha da Solidariedade de Timor Leste, em reconhecimento pelos trabalhos prestados na ajuda ao desenvolvimento desta jovem nação. 

A entrega foi feita pelo próprio Embaixador do Brasil, na data de 06.05.2010, em almoço promovido pela Embaixada, e contou com a participação do Deputy Police Commissioner for Operations, UNPOL Idris Ibrahim, e dos membros do atual contingente para maio de 2010. 

Com o sentimento de dever cumprido, deixamos o país e retornamos aos nossos lares, nossas famílias e nossas Corporações. Ao Timor Leste, nosso desejo de sucesso nessa caminhada rumo ao desenvolvimento. Aos próximos missionários, votos de boa sorte e a certeza de que se esforçarão para manter o elevado padrão de trabalho verde-amarelo na UNMIT. 

Ainda dentro do assunto, queremos informar que os veteranos brasileiros que aqui estiveram pós 2006 (de acordo com o que prescreve a lei que criou a medalha), também foram incluídos na iniciativa do Embaixador, que já tem a posse das medalhas e certificados nominais, e está providenciando o envio para o Brasil via mala diplomática.”

Obrigado ao amigo Vilaça pela notícia e as minhas escusas pela demora em publica-las!

Parabéns a todos os policiais militares que estiveram no Haiti entre os anos de 2009 e 2010!

Abraço,

Sérgio Carrera

Published in: on junho 3, 2010 at 12:33 am  Deixe um comentário  

Resultado parcial do Processo seletivo 1/2010

Dos 33 oficiais PM que fizeram as provas de língua inglesa em Brasília, no dia 04 de maio de 2010, 16 foram aprovados, sendo 10 do DF, 02 de PE, 03 SP e 01 do RJ.

Ainda faltam as provas de tiro e direção, sem contar os candidatos que realizaram hoje as provas de francês.

Good luck!

Published in: on maio 5, 2010 at 3:16 pm  Deixe um comentário  

Policial militar brasileiro que atua no Haiti é reconhecido pelas autoridades do Estado de Pernambuco

“Requerimento N° 4491/2010

Requeremos à Mesa, ouvido o Plenário e cumpridas as formalidades regimentais, que seja feito um VOTO DE APLAUSO ao 1º Ten PM RICARDO COUTO, pela brilhante e destacada atuação nas Forças de Paz da ONU nas ações desenvolvidas no Haiti, especialmente no socorro e apoio as vítimas do terremoto, representando de forma impar o espírito de luta e a força do povo pernambucano.

Da decisão desta Casa, e do inteiro teor desta proposição, dê-se conhecimento ao Exmº Governador do Estado de Pernambuco, Dr. Eduardo Campos; ao Excelentíssimo Secretário de Defesa Social, Dr. Servilho Paiva; ao Exmº Comandante Geral da PMPE, Sr. Cel PM José Lopes; ao Ilmº Presidente da AME-PE, Sr. Cap Vlademir Assis, Rua Feliciano Gomes 304, Derby, Recife-PE – CEP 52010-240; e ao Ilmº Cap RR PM George do Rêgo Barros da Silva, Rua Agnaldo Correia, 49, Centro, Amaraji – PE, CEP 55515-000.

Justificativa

Com atuação destacada nas ações de pacificação, estruturação e segurança nas Forças de Paz da ONU, enquanto representante do Brasil e de Pernambuco no Haiti, o 1º Tenente Ricardo Couto, já era, como os demais brasileiros que lá estavam e tanto nos orgulham, já merecia as honras e aplausos. Mas o espírito de luta, o despreendimento pessoal, a compaixão e o amor ao próximo demonstrados pelo Tenente Couto, o que graças a Internet e a Televisão passou a ser do conhecimento de todo o Planeta, sendo exemplo e motivo de admiração, torna ainda mais importante a sua atuação.

Nenhuma dificuldade, nem as dores, nem o cansaço, nem os riscos, nada foi capaz de tirar o Tenente Couto de sua luta para salvar e proteger vidas naquela terra devastada pelo terremoto e pela falta de infra-estrutura básica de saúde, habitação, segurança, comunicações e higiene. Os atos heróicos do tenente e de todos que fazem aquela representação brasileira humanitária, são dignos de aplauso e exemplo a ser seguido sempre.

É pois que certos estamos da aprovação deste pedido por esta Casa.

Sala das Reuniões, em 2 de fevereiro de 2010

Lucrécio Gomes

Deputado”

Published in: on março 27, 2010 at 9:13 pm  Deixe um comentário  

Oficial brasileiro é elogiado por ações heróicas no Haiti

Porto Príncipe 08 de março de 2010

ELOGIO A OFICIAL POLICIAL MILITAR

Ilustríssimo Senhor Comandante Geral da Policia Militar do Estado de Pernambuco, tendo em vista os abalos sísmicos que vitimaram milhares de pessoas no Haiti, no dia 12 de Fevereiro de 2010 às 16h45min, inclusive de oficiais das Forças Armadas do Brasil, que ali prestavam serviços humanitários, juntamente com policiais de vários outros países, todos trabalhando em prol do auxilio ao próximo; bem como, após o terremoto, para os que ali permaneceram, não por obrigação mas por vontade própria e com intenção apenas de ajudar no resgates das vítimas de tão dantesca tragédia, agora expondo a vida a riscos, na busca de sobreviventes, resgatando vidas entre escombros, entrando em prédios destruídos ou com perigo de desabamento, não apenas pela condição precária em que se encontravam mais ainda pelos constantes abalos sísmicos que continuavam a desolar mais e mais o Haiti;

Tendo em vista que um desses fatos em particular foi o resgate do Senhor Ten Coronel EB Alexandre Santos, que se encontrava soterrado dentro do prédio do Quartel General da MINUSTAH e que fora resgatado, com vida, pelo Tenente Couto, que sem sequer se preocupar com sua própria vida, entrou rastejando dentro dos escombros e após quatro horas dentro de um buraco, que mal tinha espaço para que ele se movimentasse dentro, retirou o referido oficial de dentro dos escombros, tal fato fora presenciado e noticiado pela imprensa mundial, bem como pelo senhor Tenente Coronel Camelo Santiago, Policia Nacional da Colômbia e Senhor Tenente Coronel Azevedo Exercito Brasileiro.

Tendo em vista ainda que o adjetivo “herói” é dado tão somente àquele que “em detrimento da própria vida se expõe a risco para que possa salvar ou ajudar outrem, indo além daquilo que suas funções lhe conferem”;

Tendo em vista que é dever moral de superiores para com seus subordinados o reconhecimento e justiça a atos que o destaquem nos meios dos demais através de auxilio, não somente aos entes federativos e membros das forças internacionais que no momento do terremoto encontravam-se necessitados de ajuda, juntamente com a Nação Haitiana, lembrando ainda que tais atos foram largamente relatados nos Meios de comunicação, sendo portanto, de conhecimento de toda a sociedade Brasileira e Pernambucana, não deixando duvidas quanto a conduta exemplar do policial em lide;

Solicito desta forma, que seja instaurado procedimento próprio dentro da Policia Militar do Estado de Pernambuco, para que em constatado os atos praticados pelo 1º Tenente QOPM/PMPE RICARDO COUTO DE ARAUJO, membro desta respeitável Policia Militar, que hora representa nosso estado bem como ao nosso País, junta a Missão de Paz da Organização das Nações Unidas para a estabilização do Haiti, MINUSTAH, que lhe seja concedido o titulo meritório que suas atitudes como oficial militar requerem, bem como que seja dado prosseguimento ao devido processo para imediata promoção do mesmo, por bravura ou merecimento, conforme reza legislação própria, incitando o mesmo, desta forma, a continuar a servindo de exemplo a seus pares e subordinados.

Algenor Teixeira Filho Cap QOPM/PMAM

Contingent Commander of Brazilian UNPOL

HERÓI NÃO É SOMENTE AQUELE QUE É ABATIDO EM COMBATE, É TAMBÉM AQUELE QUE SOBREVIVE, E NA SUA SOBREVIVENCIA CONSEGUE SUPERAR SUA DOR E SEUS TEMORES BUSCANDO SALVAR A VIDA DE OUTREM

Published in: on março 27, 2010 at 9:06 pm  Comments (2)  

A importância do preparo técnico-profissional nas missões de paz

Pegando um gancho no que o colega missionário Cap Hoffmann escreveu para o Blog UNPOLICE sobre algumas características necessárias ao UNPOL, decidi seguir a linha e tentar complementar o que já foi muito bem exposto.

Para aqueles que pretendem integrar uma dessas Missões de Paz da ONU, ou qualquer outra tarefa que implique na representação do país e da instituição a que pertencem, no exterior, além do preparo psicológico e ético, também se faz indispensável o preparo técnico-profissinal, o que, hoje em dia, os papas dos Recursos Humanos chamam de competências. Competência, nada mais é que ser capaz de realizar e aplicar as habilidades que possui de maneira prática, eficaz e eficiente.

Aliás, a palavra competência se encaixa perfeitamente no caso específico da ONU, que prioriza a capacidade e o preparo individual em detrimento das posições hierárquicas, por isso que, pra quem não sabe, em sua maioria, só pra não dizer que em 100% dos casos, as missões conduzidas pela ONU são consideradas como “non-ranking missions”. Assim, não seria uma aberração que um Coronel viesse a ser chefiado por um Major, um Capitão ou até mesmo um Tenente, ainda que oriundos da mesma nação. Nem mesmo a função de Comandante do Contingente, segundo a regulamentação da ONU a que nos submetemos, é privativa do mais antigo ou de maior posto, afinal deve ser ocupada por aquele que tenha a melhor capacidade de conduzir os demais membros, no bom desempenho das suas funções, no engrandecimento da missão e da nação, e sempre pensando no bem estar geral.

Para ocuparmos uma determinada vaga, somos submetidos a uma avaliação de currículos seguida de uma entrevista. A ideia é que o mais competente ocupe a posição. Sendo assim, o que por vezes vemos ocorrer em nossas Corporações, de pessoas sem escrúpulos que buscam a ascensão tentando subir nos outros, perde muito da efetividade, já que, quem assim age o faz por não ser capaz de vencer com seus próprios méritos.

De tanto testemunhar ações de indivíduos como esses, eu até já escrevi um texto, quase um desabafo: “Eles estão entre nós!”. Não se enganem, quem usa de tais artifícios para tentar compensar a falta de capacidades, habilidades e competências, e subir na vida a qualquer custo, mais cedo ou mais tarde é desmascarado e aí a coisa se torna bastante vergonhosa.

Por isso, meu conselho para os futuros missionários é que se preparem profissionalmente para a missão. Desenvolvam suas habilidades e procurem vencer com seus próprios méritos, tenho plena certeza de que o gosto da vitória será bem mais intenso.

Por fim, e como uma mensagem para aqueles que ao invés de trabalharem com afinco e mostrar que são bons em alguma coisa preferem cultivar inimizades ou amizades interesseiras, ao invés de reclamarem serem vítimas de carmas ou castigos transcendentais, lembrem-se de que tudo que acontece conosco é conseqüência de nossos atos.

Trabalhar, esforçar-se e mostrar para que viemos, esse é o segredo.

Boa missão a todos!

Caveira!

Cap PMPE Augusto Vilaça

UNPOL – UNMIT

“E nunca envergonhemos a nossa fé, as nossas famílias ou os nossos camaradas!”

Augusto Vilaça tem 33 anos e é brasileiro de nascimento, pernambucano de registro, sertanejo de coração, policial por vocação, honesto por convicção, cozinheiro por enxerimento e escritor por falta do que fazer. Querem mais?

Todas as segundas com uma novidade no Blog Notícias de Muito Longe: http://aavs1976.wordpress.com

Equipe de trabalho do NID-PSU (National Investigations Departmen – Prosecution Support Unit)

Published in: on fevereiro 15, 2010 at 11:38 pm  Comments (4)  

Policial militar brasileiro descreve os dias vividos no Haiti depois da catástrofe

 

“Meus caros amigos e compatriotas brasileiros,

Um dia no Haiti vale cem dias em qualquer outro canto do mundo. O tempo aqui simplesmente não passa. Nas ruas a dor estampada em cada rosto, em cada esquina alguém, no mínimo, reclama de um parente perdido. O caos foi instalado e agora reclama seu prêmio.

As ruas não estão seguras em lugar nenhum. Valas comunitárias são cavadas, corpos as centenas são simplesmente depositados, após serem queimados, lembrando cenas do holocausto da segunda guerra mundial. Em menos de um mês meus olhos viram, o meu corpo sentiu e minha ainda, sã consciência, tenta esquecer  o verdadeiro inferno na terra. É horrível!

O Haiti, hoje, pode-se resumir em duas palavras: morte e decadência.

Porém, por outro lado, vi aqui também, de uma parte pequena desse povo: solidariedade, compromisso, afeto e amor ao próximo, pois em diferentes locais por onde passei, vi haitianos arrancando pedras, escombros com as próprias mãos na tentativa de encontrar algum sobrevivente nos diversos locais que foram atingidos pela catástofre que assolou esta pequena nação. Hospitais improvisados foram construídos em casas normais que tiveram a sorte de não terem sido afetadas e faixas em branco onde li, sem acreditar no que via: “ Please, Help Us” (Por favor , nos ajudem) estavam estampadas numa tentativa desesperada de obter alguma assistência.

 As equipes de buscas que aqui chegam, montam suas estações e tentam ajudar no que é possivel, porém acreditem, nem se o mundo todo mandasse gente pra ca, seriamos capazes de ajudar a todos os necessitados, ao mesmo tempo.

Apos seis dias de buscas incessantes, o odor putrido da morte se instala em todos os lugares, obrigando a qualquer um ficar enauseado.

As ruas são bloqueadas com corpos pelos habitantes, que estão revoltados pela situação, protestos se instalam, grupos de marginais que fugiram da cadeia pública haitiana se aproveitam da situação e perpetram o medo, inclusive em nós que aqui estamos, pois chegara a hora que entraremos em combate armado com eles.

Os animais nas ruas se deleitam com a carne queimada dos corpos que jazem em todos os diferentes lugares e como se não bastasse tudo isso, ainda temos que aguentar o tremors subsequentes, que acreditem, não são nada confortáveis, especialmente para quem ja é, de certa forma, um sobrevivente aqui.

A missao fica cada vez mais dificil, estamos cansados, estressados, tristes pelos corpos de companheiros que foram soterrados, frustrados pelos que ainda não encontramos, enfim dormindo nada, comendo pouco e trabalhando muito, mas não pensem que isso é uma reclamação formal, não! Longe de mim, pois nossos problemas não são, literalmente, nada comparados aqueles que passam tudo isso, as familias que aguardam com esperanca notícias de quem ainda não foi achado, não temos do que reclamar, sabem?

Pelo contrário, rogo todo dia a Deus que este seja misericordioso e que nos de mais uma vez a oportunidade de ajudar a quem precisa, pois o que seria deles sem a nossa presença aqui? Nãome considero nada mais do que um Oficial militar Brasileiro que está tentando ajudar da maneira que pode, mas tenham em mente que todos nós temos nossos limites e ja passei do meu faz tempo, por isso queria aqui me desculpar com todos os Brasileiros por nao ter podido fazer mais e melhor, não tenho desculpas, apenas me concentro no que poderá ainda ser feito, porém, agora, com o devido tempo. Que Deus me perdoe por nao ter ajudado o suficiente e que me de forças pra tentar de novo a cada dia.

Mãe, ainda tô por aqui, não se preocupe e siga com suas preces!

A minha familia e meus amigos não tenho palavras para descrever o quanto vcs me ajudaram e ainda me ajudam, pois parece que cada vez que venho pra frente de um computador que vejo suas mensagens de apoio, solidariedade, carinho, forca e afeto, é como se minha bateria interna fosse recarregada e meu corpo tomasse uma dose nova de energia. É simplesmente impactante. A voces, meu muito obrigado e um dia a gente se ve de novo.

 TEN RICARDO COUTO – UM BOINA AZUL BRASILEIRO. 

 AINDA TRABALHANDO….”

Published in: on janeiro 19, 2010 at 4:07 am  Comments (2)  

Pernambuco também enviará Força Tarefa ao Haiti

“A PM de Pernambuco está preparando uma Força Tarefa com 26 Bombeiros e 50 PMs para enviar ao Haiti”

Published in: on janeiro 18, 2010 at 3:31 pm  Deixe um comentário  

Tenente da PM faz breve relato sobre resgate de militar brasileiro no Haiti

“CAROS AMIGOS,

HOJE FOI MAIS UM DIA TRISTE PARA A NOSSA NAÇÃO POIS , JUNTAMENTE COM OS BOMBEIROS DO RIO DE JANEIRO , ENCONTRAMOS O CORPO DO MAJOR ADOLFO.

SINTO MUITO PELOS FAMILIARES! EU PESSOALMENTE TIREI SEU NOME DA FARDA E ENTREGUEI O SEU ARMAMENTO (PISTOLA) PARA O TENENTE DO EXÉRCITO QUE ESTAVA DE SERVICO.

ACREDITEM, ELE NÃO SENTIU NADA ANTES DE FALAECER! FALECEU FARDADO COMO UM GUERREIRO E COMO TAL DEVE SER HONRADO PELO NOSSO PAÍS.

EU MESMO AJUDEI A COLOCA-LO NA MACA.

UM GRANDE ABRACO MEUS AMIGOS.

FORCA E FÉ SEMPRE!

É SOMENTE ISSO QUE ME SEGURA POR AQUI…

TENENTE PMPE RICARDO COUTO”

Leia mais.

Published in: on janeiro 18, 2010 at 4:31 am  Deixe um comentário  

Fotos das ações de resgate no Hotel Montana enviadas pelo Tenente Couto

Seguem algumas fotos do Tenente Ricardo Couto, da Polícia Militar do Estado de Pernambuco. Ele chefia uma equipe de resgate em Porto Príncipe, especialmente trabalhando nos escombros do Hotel Montana. Confira as últimas notícias sobre o Oficial pernambucano aqui, aqui e aqui. (16 de janeiro de 2010)

Published in: on janeiro 17, 2010 at 12:24 am  Comments (2)  

Equipe de Regate do Tenente da PMPE Ricardo Couto no Haiti

O Tenente da Polícia Militar de Pernambuco, chefe do K-9 da Polícia da ONU (UNPOL) da MINUSTAH e com os brilhantes companheiros colombianos, que compoem uma das equipes de resgate com cães policiais.

Porto Príncipe, em 16 de janeiro de 2010.

Published in: on janeiro 16, 2010 at 10:49 pm  Deixe um comentário  

Foto de resgate de militar brasileiro no Haiti

Confira o relato deste resgate pelo Tenente PMPE  Ricardo Couto.

Published in: on janeiro 16, 2010 at 3:17 am  Deixe um comentário  

Tenente Couto ajuda a resgatar mais 6 vítimas no Hotel Montana

Segundo fontes seguras, o Tenente da PMPE, Ricardo Couto, desde ontem (14 de janeiro de 2010) tem trabalhado junto com uma equipe de resgate da Colômbia que utiliza cães. Ontem a noite a equipe deles conseguiu resgatar seis pessoas de dentro dos escombros do Hotel Montana. O trabalho de resgate não pára, hoje eles também começaram a ajudar na retirada dos corpos das ruas. Até agora não conseguiram localizar o Ten Cleiton, da PMDF.

Fotos do Tenente Couto, poucos dias antes dos teremotos no Haiti.

Published in: on janeiro 16, 2010 at 1:25 am  Comments (1)  

Notícias sobre PMs no Haiti – 14 de janeiro de 2010.

Para responder a muitas solicitações, informo que o CAP BMRS RICARDO FREITAS DA SILVA, CAP PMAM ALGENOR e o TEN PMPE RICARDOCOUTO estão bem.

O primeiro está em Gonaives.

Os outros dois emPorto Príncipe. Eles estão trabalhando muito nos resgates as vítimas, mas estão bem e com pouco acesso a comunicações.

O Oficial da PMDF continua dentre os desaparecidos.                                     

Essas informações foram recebidas entre os dias 13 e 14 de janeiro de 2010.

Sérgio Carrera

Published in: on janeiro 15, 2010 at 2:43 am  Deixe um comentário  

Tenente (PM) Pernambuco Ricardo Couto está bem.

Ver notícia postada.

Published in: on janeiro 13, 2010 at 1:15 pm  Comments (1)  

Oficiais da PM no Haiti mandam notícias

O Capitão da PMAM Algenor e o 1 Tenente PMPE Couto acabam de mandar notícias e declaram:

” Estamos vivos e bem”

(não há maiores detalhes)

Eles compoem o componete policial da ONU (United Nations Police – UNPOL) na MINUSTAH.

13 de janeiro de 2010, às 10h50 (horário de Brasília)

Published in: on janeiro 13, 2010 at 12:54 pm  Comments (4)  

Catástrofe no Haiti – contato com os policiais militares brasileiros

Desde as primeiras notícias dos terremotos no Haiti tentei entrar em contato com os amigos que estão vivendo e trabalhando no país, contudo, todas as conexões (telefone, internet) estão sem funcionar.

Segundo a CNN, que está realizando um excelente trabalho de transmissão ao vivo (mas até agora sem imagens e dados mais precisos – 21h15 – Horário do Nordeste), o país está as escuras e estima-se que pelo menos 200 mil pessoas tenham morido no local do epicentro do principal (e primeiro) terremoto (7.0)

Se alguém tiver alguma informação sobre os 02 UNPOL que estão hoje em Porto Príncipe, CAP PMAM Algenor e TEN PMPE Ricardo Couto, favor entrar em contato Urgentemente.

DA mesma forma, inforações sobre o 1 TEN PMDF Cleiton Neiva (Porto Príncipe) e Cap BMRS Ricardo Freitas da Silva (em Gonaives) são aguardadas urgentemente!

Eu e o Cap Marco já tentamos ligar para eles mas até agora não conseguimos contato. Já acionamos outros policiais militares que já serviram no Haiti e todos estão imbuídos em obter mais informações.

PS: A previsão de tsunami não está confirmada ainda. A CNN confirma e suspende a notícia.

Aos familiares, tentem manter a calma e entrem em contato, como alguns já fizeram. Qualquer notícia encaminharei por email e tentarei postar aqui. Acessem também o Blog do amigo Marco.

Sérgio Carrera

Published in: on janeiro 13, 2010 at 12:45 am  Comments (1)  

Capitão PMAM Algenor continua no Haiti.

Retificando a postagem anterior, informo que o Capitão Algenor continua na MINUSTAH, por ter conseguido extensão, fazendo assim companhia ao recém-chegado Ten Couto, e garantindo o apoio e suporte necessário ao oficial pernambucano.

Hoje, 09 de janeiro de 2010, dentre os mais de 2 mil policiais da ONU, o Brasil está representado apenas pelos 2 oficiais PM mencionados.

A previsão de 04 vagas não foi ainda preenchida tendo em vista problemas administrativos de rotação, um dos maiores e piores problemas enfrentados pelos UNPOL brasileiros.

Sérgio Carrera

Published in: on janeiro 9, 2010 at 4:49 pm  Deixe um comentário  

Tenente PMPE Couto assume chefia de unidade especializada na Polícia da ONU (UNPOL) na MINUSTAH – Haiti

” É um prazer mandar em primeira mão, notícias da minha Missão no Haiti. Saiba que está muito difícil de chegar perto de um computador por aqui ultimamente, pois acabei de ter meu re-deployment,  no dia 04 de janeiro desse ano, após a minha semana de Induction Training.

Passei pela DCPJ, BLTS e agora a K9 Unit. Essa última, é uma unidade de inteligência, responsavel pelas ações de repressão a narcóticos na UNPOL inteira. Fui designado especialmente para graduar e atuar com o Canil da Polícia Nacional do Haiti (PNH) em missões  por todo o Haiti que envolvam drogas, onde a ação do cão é de extrema necessidade,contudo, passamos por uma fase de estruturação, onde ainda carecemos de recursos, como cães, handlers ou instruções do tipo. Tendo em vista a minha formação é exatamente na área cinotecnica, que vai desde o treinamento básico até o avançado (abordagens com cães, k9 swat team, detecção de pessoas e explosivos, bem como a detecção em si de drogas e substâncias afins), sei que não vai ser um caminho fácil, mas também chegar na área da Missão e encontrar as coisas fáceis e na mão, não teria nenhum tipo de recompensa gratificante ao final, Por isso trabalharei duramente para elevar não só o nome da minha Corporação, mas também para deixar aqui nossa marca na historia Haitiana em nivel k9, como ainda para manter dignamente o PADRÃO POLICIAL BRASILEIRO, amplamente reconhecido por todos na MINUSTAH.” Padrão este estabelecido competentemente pelos meus amigos: Cap Algenor(PMAM), Cap Bassalo(PMPA) e Ten Heberton(PMDF).

Obrigado por tudo e esta sendo uma honra estar aqui e fazer parte da História da Humanidade, BRASIL!!!”

Tenente Couto – Polícia Militiar de Pernambuco (PMPE)

Janeiro de 2010.

Nota 1: O Tenente Couto é o primeiro policial militar brasileiro trabalhar e assumir a chefia dessa Unidade na MINUSTAH.

Nota 2: Para mais informações, acessar site do Cap Marco Antonio.

Published in: on janeiro 9, 2010 at 4:01 am  Deixe um comentário  

Nota de Esclarecimento

Bem, respondendo a alguns emails dos visitantes, informo que todos os posts (cerca de 20) do atual contingente policial militar 2009 em atuação na Mssão de Paz da ONU no Timor Leste foram retirados do ar, conforme solicitação dos oficiais colaboradores. Os que permanecem são relativos a outros anos e profissionais ou por não haver solicitação para que fossem retirados.

Tal fato se deve ao já mencionado pelo Blog do Capitão Marco Antonio, uma vez que os posts aqui divulgados têm sido utilizados contra os próprios policiais militares.

Como sempre, somente publico artigos e fotos encaminhados por policiais militares, considerados colaboradores, e em havendo solicitação para retira-los do ar, isso será feito o quanto antes.

É lamentável que um espaço criado justamente para divulgar as ações e esforços dos policiais brasileiros em Operações de Paz tenha sido utilizado para fins negativos, independentende de quaiquer motivos. Desde a criação do Blog, no início de 2008, esta é a primeira vez que isso ocorre.

Infelizmente, não teremos mais informações (diretas) sobre o que os nobres policiais militares estão produzindo e fazendo em prol da paz no Timor. Pelo menos por enquanto.

Esperamos poder contar com os PM do Haiti e do Sudão ainda este ano e para os novos contingentes para o ano de 2010.

Devido a este fato, este Blog passa a expandir seu foco de abordagem e temas, sempre interligados com o núcleo central de sua criação.

Sérgio Carrera

Published in: on dezembro 19, 2009 at 6:36 pm  Comments (2)  

Mais um policial militar integrará a Polícia da ONU (UNPOL) na MINUSTAH – Haiti

Enfim, após os longos meses de espera e a sempre péssima rotação feita pelos efetivos policiais brasileiros em Missões de Paz, o Tenente  Ricardo Phillipe Couto de Araújo, da Polícia Militar o Estado de Pernambuco (PMPE), irá integrar o efetivo da Polícia da ONU (UNPOL) na MINUTAH.

Seu Tour of Duty (TOD) está com chegada prevista em Porto Príncipe para o dia 30 de novembro (mas deverá chegar já na segunda quinzena de dezembro). A cada ano me parece ficar mais e mais complicada as rotações entre os policiais militares brasileiros em Operações de Paz.

No caso específico da MINUSTAH, com previsão de 04 brasileiros, as rotações nunca tem sido feitas in locu, algo que diversos países, bem organizados, conseguem fazer, onde os policiais chegam e durante alguns poucos dias conseguem “passar o serviço” aos recém-chegados. 

Em dezembro de 2006, quando 3 oficiais UNPOL chegaram a Porto Príncipe, não havia sequer um policial brasileiro na área da Missão. Resultado: Não havia ninguém no Aeroporto, tiveram que sair perambulando pelas ruas até encontrar alguém que os pudessem socorrer; Ficaram largados e foram colocados num hotel de péssima categoria, levando alguns bons dias até policiais UNPOL de outros países os orientassem aos poucos. Demorou seis meses para que o Brasil conseguisse completar a quarta vaga.

Agora, além de desejar toda a sorte, paz, saúde e espírito de vitória e honra ao amigo Couto, espero que faça o lobby necessário para que as rotações previstas para janeiro 2010, quando os outros 3 brasileiros retornam por End of Mission (EOM), não o façam ficar sozinho (único brasileiro) por muito tempo.

Somente quem já esteve em Missão sabe a importância de ter algum compatriota, em especial no Haiti, onde desde 2006, existe a Casa dos Brasileiros.

Caro Couto: Vá, vença e volte! E não esqueça de nos mandar artigos, fotos e experiências vividas durante esse ano!

Parabéns, conterrâneo!

Published in: on novembro 28, 2009 at 8:21 pm  Comments (4)  

Policiais brasileiros ficam baseados em Díli (Missão de Paz do Timor Leste)

Segundo informações do TC PMDF Mário Júnior, Chefe do Contingente Policial Militar Brasileiro recém-chegado para compor Missão de Paz da ONU no Timor Leste, todos os 06 Oficiais PM permanecerão na capital do país, Díli. (maio 2009)

Published in: on maio 19, 2009 at 12:10 am  Deixe um comentário  

End of Mission no Timor Leste

Hoje, dia 28 de abril de 2009,  é o End of Mission (EOM) para os 5 policiais militares brasileiros que serviram por um ano no Timor Leste. Com o dever cumprido, os nobres policiais retornam hoje para o Brasil.

PARABÉNS!!!

Os substitutos partem na próxima terça-feira com destino a Dili.

Published in: on abril 28, 2009 at 4:40 pm  Deixe um comentário  

Estágio de Preparação para Missões de Paz

Prezados colegas, 

Na última quinta-feira (09/04/09), encerrou-se o EPMP (Estágio de Preparação para Missões de Paz) 09/1. Participaram do estágio um total de 28 militares, sendo: 22 do EB (designados para as mais diversas missões, como MILOBS ou Staff), 01 TC da FAB, 01 Maj do Suriname e 04 Oficiais PM: Ten Cel PMDF Mário Júnior, Maj PMMA Becker, Cap PMPE Vilaça (esses três designados para a UNMIT) e o 1º. Ten PMPE Couto (designado para a MINUSTAH).

Vale salientar que esse foi o primeiro EPMP que contou com a presença de UNPOLs, quero dizer, já houve a participação de um Major da PM numa versão anterior, porém recebendo as mesmas instruções dos Military Observers, que são um tanto diferentes das nossas.

O estágio em si foi bem interessante embora que, no nosso caso específico, existam algumas melhorias a serem implementadas, precisamos de algo mais voltado à nossa realidade no terreno. Ainda assim, aprendemos bastante e tivemos uma boa idéia do que acontecerá. Uma das sugestões que eu dei na pesquisa final, foi a de que aumentassem a representação de UNPOLs nas próximas edições do Estágio (inscrevendo todos os que foram aprovados no teste de nivelamento, mesmo ainda não designados para missões), assim, seria possível termos uma maior dedicação às nossas necessidades, além do que, seria possível a instalação de um Team Site exclusivamente UNPOL.

Durante das instruções, trabalhamos todos os assuntos do SGTM, e tivemos aulas práticas das mais diversas, desde socorros de urgência, até reconhecimento e procedimentos em campos minados, reconhecimento e manuseio em armamentos de outros países, direção em veículos 4×4 com mão inglesa, técnicas de negociação e mediação, rádio-comunicação, utilização dos formulários da ONU etc…

A equipe de instrutores foi bastante competente, porém temos que ressaltar os destaques do Maj PMERJ Cândido e do Ten PMERJ Penha Brasil, não só no inglês, onde deram show, como no conhecimento apresentado e na didática em aula. Menção honrosa a ambos. Outros que precisam ser destacados são o Cap EB Ênio, coordenador do curso. O cara não apenas carregava o piano sozinho, mas afinava, compunha e tocava. Parabéns! O outro era o Cel Carlos Casco do Paraguay. O cara foi fantástico nas simulações, no terreno (acampamento), ele conseguia nos tirar a tranqüilidade, mesmo sabendo que era um exercício simulado. Treinamento duro, combate fácil, antes que eu me esqueça, a participação dos alunos do curso de relações exteriores também foi fundamental para o êxito das simulações, além do nível de inglês, eles se mostraram chatos profissionais, e pudemos visualizar todas as dificuldades em entendimento que poderemos encontrar.

Também fizeram parte da equipe de instrutores outros oficiais do EB, da FAB, Civis e um Cap de Fragata da Argentina.

Bom, seguem aí algumas fotos.

CAP PMPE VILAÇA (Designado para UNMIT)

dscn29761dscn27151

dscn26911

1-2852911191 dscn27311

dscn29141

dscn29431

dscn29961

dscn30471

dscn30921

dscn30951

dscn31101

 

dscn311011

dscn31241

Published in: on abril 22, 2009 at 11:17 pm  Deixe um comentário  

PMs participam de Estagio no CIOPAZ

De 16 de março à 10 de abril, quatro oficiais da PM estão participando de um Estágio de Preparação para Missão de Paz (EPMP) no CIOPAZ do Exército.

O TC Mário Júnior, PMDF; (Timor)

Major Becker, PMMA; (Timor)

Cap Vilaca, PMPE (Timor)

Ten Couto, PMPE (Haiti)

Published in: on março 30, 2009 at 1:03 pm  Deixe um comentário  

Designação para MINISTAH

O Tenente Couto, da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, irá substituir o Oficial da Polícia Militar do Estado Bahia, na MINUSTAH, provavelmente em julho de 2009.

Sorte e sucesso ao Tenente Couto.

Published in: on março 30, 2009 at 12:52 pm  Deixe um comentário  
Tags: