Atualizacao de efetivo UNPOL na MINUSTAH/Haiti (10 de maio de 2014)

Na presente data, o Brasil conta com o maior efetivo de policiais militar ja empregados no Haiti, com um total de 18 policiais:

– 12 policiais da PMDF
– 02 policial da PMPE
– 01 policial da PMAL
– 01 policial da PMSP
– 01 policial da PMERJ
– 01 policial da PMCE

Dos 18 UNPOLs, apenas 02 sao mulheres e 03 estao em sua primeira missao.

Mais outros 02 brasileiros ja receberam seu Deployment Tracking (DT) com chegada prevista para o mes de maio e outros 02 estao com problemas para emissao do Travel Auhorization (TA) ha mais de 2 meses e ate o momento nada foi resolvido. Mesmo com o fim de missao de 03 oficiais em junho, existe possibilidade real de 22 policiais militares como UNPOLs no Haiti até a referida data.

O Brasil hoje representa 2,1% do efetivo de policiais na MINUSTAH.

Published in: on maio 10, 2014 at 4:03 pm  Deixe um comentário  

PM veterano de Missão de Paz assume Estado-Maior no Rio de Janeiro

O CEL PACHECO, da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro – PMERJ, veterano de Missão de Paz da ONU, assumiu a função de Chefe do Estado Maior Administrativo da PMERJ.

Published in: on setembro 17, 2013 at 4:59 pm  Deixe um comentário  

1º Encontro do Boinas Azuis da PMERJ

“Boinas Azuis” da PM se reúnem pela primeira vez

O 1º Encontro dos Boinas Azuis reuniu policiais militares atuantes nas missões de paz da ONU no exterior

 

Priscila Marotti (Texto) e Gabi Nehring (Fotos) 

O hotel Fasano foi tomado pelo azul na manhã desta segunda-feira. Além da farda da Polícia Militar, as boinas diferenciadas identificavam uma reunião inédita, realizada em um dos salões do hotel. O 1º Encontro dos Boinas Azuis reuniu policiais militares atuantes nas missões de paz da ONU no exterior e terminou com a proposta de elaborar um livro com experiências dos oficiais fora do país.

A reunião – uma homenagem ao Dia Internacional dos “Peacekeepers” (em português, “Mantenedores da Paz”) das Nações Unidas, comemorado dia 29 de maio – se tratou de uma oportunidade para trocar histórias e ideias entre oficiais que atuaram em locais conflagrados como Sudão, Haiti, Timor Leste e países da América Central. Grande parte dos policiais presentes chegou a participar da primeira missão de paz de oficiais brasileiros fora do país, em Moçambique, no início da década de 1990.

Ten Cel André participou da missão de paz em Darfur, no SudãoTen Cel André participou da missão de paz em Darfur, no Sudão

Para o organizador do encontro, Tenente Coronel André Silva, Comandante do 41º BPM (Irajá), a proposta era não só reunir, mas discutir sobre o importante papel dos policiais militares também fora do Brasil. “Nós temos representantes dessas missões de várias gerações que nunca haviam se encontrado para discutir o tema. Acho que o mais importante foi fazer esse primeiro contato e estimular a ideia de estabelecermos maiores relações com os procedimentos da ONU”, ressaltou o Tenente-Coronel, que participou da missão de paz em Darfur, no Sudão.

Segundo ele, a experiência fora do país também teve resultados positivos em seu trabalho como policial militar no Rio de Janeiro. “Eu já havia feito o curso de Operações Especiais aqui antes de viajar e, quando voltei do Sudão, entrei para o BOPE na manutenção da ocupação do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro. Essa vivência em Darfur foi muito importante até porque eu já entrei sabendo como proceder em lugares de conflito”, lembrou.

São essas histórias e o resultado delas no trabalho do policial militar que serão transformadas em um livro de experiências relacionadas às missões de paz fora do país. As ideias e propostas para elaboração da publicação serão discutidas via email pelos participantes do encontro.

Ten Cel Castro (microfone) esteve no Timor Leste, em 2000 e 2001

Comandante das polícias locais e internacionais na missão realizada no Timor Leste, em 2000 e 2001, o Coronel Henrique Lima Castro, que hoje atua no Comitê Organizador das Olimpíadas de 2016, ressaltou a importância de se exaltar o trabalho dos “boinas azuis”, principalmente dentro da realidade da pacificação no Rio de Janeiro.

“Eu cheguei a comandar 1.350 policiais internacionais e outros 1300 locais na missão de paz do Timor Leste. É claro que essa experiência me ajudou muito a trabalhar aqui no Rio. Essas experiências servem o tempo inteiro porque as dificuldades e muitas das soluções são bem parecidas. Lá, eu também trabalhei como spokesman (uma espécie de Relações Públicas), tendo que lidar o tempo todo com a imprensa. Essa experiência foi fundamental na época que assumi a chefia da Comunicação Social da PM, principalmente na época da invasão do Complexo do Alemão”, contou.

Durante o encontro, os policiais apresentaram, também, um panorama da realidade de quem trabalha com missões de paz pelas Nações Unidas. A ideia é que, futuramente, se consiga criar grupos oficiais de policiais interessados em participar dos programas da ONU – já que, atualmente, o policial se voluntaria individualmente para as missões.

Segundo levantamento feito pelo organizador do encontro, o Brasil é o 11º colocado entre os países que participam de missões de paz da ONU – estando a Jordânia, Bangladesh e Índia e, 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente. Hoje, cerca de 20 policiais brasileiros estão atuando pela ONU em outros países.

Paulo quer aumentar continjente de PMs nas missõesPaulo Rodrigues quer aumentar continjente de PMs nas missões

Presente na reunião, o chefe-adjunto de Segurança da ONU no Brasil, Paulo Rodrigues, reforçou a importância de estimular a Polícia Militar a estar mais em contato com as Nações Unidas. “Quando falamos em manutenção da paz, não tenho dúvida nenhuma de que essa missão é, principalmente, da polícia. Acho que está na hora de discutirmos mais o aumento de policiais brasileiros nas missões. Nosso escritório está ao dispor dos senhores. É sempre uma honra trabalhar com vocês”.

A segunda reunião ainda não foi marcada, mas os oficiais pretendem realizar encontros constantes para incentivar a difusão do trabalho destes oficiais.

Fonte: Site Familia Azul

Published in: on julho 9, 2013 at 7:27 pm  Deixe um comentário  

Dia histórico para UNPOLs brasileiros

“UNMISS: Dia histórico para os UNPOLs brasileiros, pela primeira vez dois contingentes se encontram na área de missão. O Maj Gilvani PMDF, Maj Marcos Almeida Jr.PMERJ, Cap Fernando Siqueira PMDF, Cap Laudemir Da Rosa Gomes RS, e o Ten Juan Abreu PMPR, já estao em Juba. Esta foto foi tirada logo após o Medal Parade dos militares brasileiros na missão. Cerimônia na qual também foi agraciado o Ten Fabio Barros. Nesta foto estão reunidos todos os Militares e UNPOLs brasileiros da UNMISS.”

*22 de março de 2013*

Capitão BMRS MArco Antonio dos Santos Morais.
Veterano de 2 Missões de Paz da ONU e Adm/Moderador do Blog UN Police.

UNMISS - foto histórica

Published in: on março 30, 2013 at 5:11 am  Comments (1)  

Deployment dos policiais brasileiros no Sudao no Sul – UNMISS (marco 2013)

Foi publicada nesta data a classificacao (deployment) dos policiais brasileiros que recentemente integraram a Missao de Paz da ONU no Sudao do Sul (UNMISS):

– O Tenente PMPR Juan Abreu e o Capitao BMRS Laudemir foram classificados em Turalei (norte do pais, perto de Abyei).
– O Maj PMRJ Almeida Junior e o Cap PMDF Fernando Siqueira irao para Maridi (sul do Sudao do Sul).

– O Maj PMDF Gilvani ficara baseado na capital Juba.

Os oficiais classificados nas regioes ficarao em CSBs e em atividades de co-location. Ja o Major Gilvani devera assumir funcoes nos escritorios da sede da UNMISS.

Sucesso a todos!

Sergio Carrera

Published in: on março 28, 2013 at 5:52 pm  Deixe um comentário  

Policiais Militares são agraciados com Medalha da ONU no Timor Leste (Medal Parade 2012)

Registramos nosso Brazilian Medal Parede 2012 na Missão Integrada no Timor Leste (UNMIT). O evento ocorreu no dia 07 de Setembro, quando a comissao organizadora presidida pelo Comandante do Contingente, Coronel PMDF Edilson Rodrigues,  concretizou meses de
planejamento e preparativos.
O evento se realizou no Clube Ocean View em Dili, Capital. Oito Oficiais receberam a condecoracao “In Service of Peace” e outros oito os correspondentes numerais de suas condecoracoes, pelo excedente de tempo em Missao de Paz prestando honrados servicos.

O convite foi idealizado no sentido de homenagear o Brasil – nossa Patria Amada -, tendo como imagem de fundo o monumento “Cristo Redentor”, do Rio de Janeiro,  justamente porque foi entendido como a imagem que melhor caracteriza o pais e tem reconhecida projeção no
exterior. Tambem, a Cidade do Rio de Janeiro foi eleita Patrimonio da UNESCO em 2012.

BRAZILIAN POLICE INVITATION

Nos honraram com suas presencas autoridades como o Representante do SRSG (Special Representative of Secretary General of UN), Sr. Shigeru Mochida, a Ministra Conselheira da Embaixada do Brasil no Timor Leste, Sra. Ivanise Maciel, o Acting Police Commissioner of UNMIT, Sr. Sayed Raj, a Acting Chief of Staff, Sra. Valelee Toffa e o Chief of NOD (National Operations Department), Sr. Raul Curva. Aquilataram o evento tambem comandantes de contingentes de policias uniformizadas de 40 paises, alem de muitos colegas UNPOLs e convidados.

Os convidados foram recebidos pelos Oficiais do contingente brasileiro e assistiram ao canto do Hino Nacional, seguido de um video sobre o Brasil e todas as suas muitas regioes e diversificados costumes.

Logo apos, as autoridades foram convidadas a tomarem seus lugares para realizarem a entrega das condecoracoes aos Oficiais agraciados.

Discursaram o Acting SRSG, o Acting Police Comissioner e o Contingent Commander.

Em seu discurso o Representante do SG relatou o brilhante histórico brasileiro na ONU, desde a assinatura da Carta das Nações Unidas e enalteceu os esforcos do Brasil em colaborar com um qualificado estafe para agigantar o desempenho da Policia das Nacoes Unidas na Missao de
Paz no Timor Leste, em um momento historico quando a Missao de Paz se aproxima de seu bem-sucedido encerramento.

Na mesma esteira manifestou o comandante interino da UNPOL, Sr. Saye Raj, os esforcos dos UNPOLs brasileiros pela sua qualidade, elevada disciplina, profissionalismo e alto grau de comprometimento com seus deveres, exemplos de profissionais que aqui vieram para fazer a
diferenca na Missao de Paz.

Por fim o Coronel Edilson Rodrigues agradeceu a presenca de todos e reassegurou o compromisso dos Oficiais brasileiros em bem desempenhar seus deveres e enalteceu o momento, que classificou como uma grande honra, quando somos reconhecidos pelos esforços somados aos contingentes da UNPOL no Timor Leste.

Foto acima: Coronel  PMDF Edilson, Comandante do Contingente Policial Brasilero na UNMIT.

Apos a solenidade os convidados participaram de um jantar comemorativo ao evento, com pratos típicos da culinaria do Brasil.

Receberam a condecoracao “In Service of Peace” das Nacoes Unidas os seguintes Oficiais:
Ten-Cel PMDF VALDEMIR GOMES DOS SANTOS             Distrito Federal

Major     PMERJ RODRIGO FERNANDES FERREIRA        Rio de Janeiro

Capitao BMRS ATILA MESADRI PEZZETTA                       Rio Grande do Sul

Capitao PMSP MAURICIO DE ARAUJO                               Sao paulo

Capitao PMDF ISANGELO SENNA DA COSTA                   Distrito Federal

1º Ten PMPR ALLAN PAULO BASSACO SACCHELLI       Parana

1º Ten PMCE ADRIANO MARCEL DE M. BEZZERRA        Ceara

1º Ten PMMT RICARDO DE ALMEIDA MENDES                Mato Grosso

Foto acima: Cap. BMRS Átila.


Receberam os numerais correspondentes a condecoracao “In Service
of Peace” das Nacoes Unidas os seguintes Oficiais:
Coronel PMDF EDILSON RODRIGUES-Distrito Federal

Major    PMDF ROBERTO DE SANTANA FREITAS-Distrito Federal

Capitao PMBA GILMARA SANTANA DE OLIVEIRA-Bahia

Capitao PMDF RODRIGO CAMARGO CAMPOS-Distrito Federal

Capitao PMBA FERNANDO ATILA FERREIRA JUNIOR – Bahia

Capitao PMDF ROBSON LUIZ MAGALHAES PINHEIRO – Distrito Federal

Capitao PMDF WERNER ARAUJO MIQUELINO DA SILVA-Distrito Federal

1º Ten   PMSP LIGIA PINHEIRO- São Paulo

Por: Átila Mesadri Pezzetta – Capitão BMRS.

Published in: on outubro 7, 2012 at 3:39 am  Comments (1)  

Oficiais PM brasileiros participam de Congresso Internacional da ONU na Argentina

“Entre os dias 18 e 21 de setembro, realizou-se na Argentina o 2º Encontro Regional sobre as Diretrizes  Estratégicas para a Polícia Internacional das Nações Unidas.

Participaram do Evento o Ten Cel Milton Isack Fadel Junior (PMPR) e o Ten Cel André Silva de Mendonça (PMERJ). Durante os trabalhos foram feitos vários debates que esclareceram o papel da UNPol  nas diversas missões e as possibilidades de cada país que estava representado no evento.

Foto acima: TC PMPR Fadel e TC PMERJ Silva.

O Ten Cel Silva conduziu uma palestra sobre a forma de organização da Segurança Pública no Brasil e ao término, exibiu um vídeo institucional que mostrou o modus operandi da PMERJ, evidenciando as atividades do BOPE e das atuações nas operações de pacificação no Rio de Janeiro, destacando a preparação para os grandes eventos que estão por vir.

Foto acima: TC PMERJ ministrando palestra na Argentina.

O Ten Cel Fadel por sua vez, esclareceu aspectos quanto a seleção de pessoal para missões, participação do COTER-IGPM no processo e encerrou a palestra apresentando os aspectos de organização da PMPR.

Muitas questões foram debatidas e esclarecidas entre os contingentes e o Sr. Andrew Carpenter do DPKO pode visualizar com maior clareza as idiossincrasias das policias sul-americanas assim como a troca de experiências foram altamente apreciadas por todos.

O evento foi organizado pela Organização das Nações Unidas e teve a participação de diversos países a saber: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Honduras, São Vicente e Granadinas, Jamaica, Haiti, Trinidade e Tobago, Paraguai, Uruguai, México, República Dominicana, Indonésia.

 
André Silva de Mendonça
Ten Cel PMERJ”

Published in: on setembro 25, 2012 at 11:43 pm  Comments (1)  

Lançamento do livro: “Liberdade para o Alemão – O Resgate de Canudos”

Noite de autógrafos e lançamento do livro: “Liberdade para o Alemão – O Resgate de Canudos”, de autoria de Mário Sérgio de Brito Duarte, Coronel da Reserva e ex-Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ).

Dia 23 de julho de 2012, às 20h, na Academia Brasileira de Filosofia.

Published in: on julho 20, 2012 at 9:27 pm  Comments (2)  

Matéria “O Brasil na UNPOL” – Revista Tecnologia e Defesa

A bem conceituada Revista Tecnologia e Defesa, Ano 29, Edição Especial N. 08 (Segurança), recentemente lançada e disponível no mercado, traz uma reportagem especial intitulada “O Brasil na UNPOL”. O repórter Roberto Caiafa conseguiu abordar vários aspectos da participação do componente policial nas Missões de Paz da ONU e, em especial, a dos policiais militares brasileiros.

 A matéria conta com uma entrevista com o amigo Capitão BMRS Marco Antonio, que administra um dos principais blogs sobre UNPOL no país, e um relato do Tenente PMBA Pujol, além de fotos de policiais militares em ação em alguns países.

Parabéns ao repórter Roberto Caiafa e a Revista por divulgar o trabalho dos UNPOL brasileiros, tornando o assunto mais conhecido ao público e aos leitores especializados em Segurança e Defesa.

 

Além da matéria de interesse particular, essa Edição aborda a atuação da Polícia Militar brasileira em vários outros tópicos, tais como: Ação nas Fronteiras, Aviação Policial, Motociclismo Policial, Missões Especiais, Sistemas de Integração, Novas modalidades de policiamento, etc.

Recomendada!

Sérgio Carrera

Site: http://www.tecnodefesa.com.br/

Published in: on abril 28, 2012 at 4:45 pm  Comments (1)  

TC PMERJ André Silva resume sua participação no Seminário de UNPOL promovido pelo PPC no Chile.

“Nos dias  19, 20 e 21 de julho realizou-se um Seminário Internacional  de Operações Complexas de Paz no século 21, promovidos pelo Pearson Peacekeepenig Centre do Canadá, no CECOPAC, Santiago-Chile.

Participaram do evento policiais da Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Guatemala, Paraguai , Peru e Uruguai.

Foram 3 dias de tarefas teóricas que envolviam palestras, leituras, exposição de painéis e estudos de casos.

A presença brasileira foi marcada do lado dos instrutores pelo Ten Cel PMDF Leonardo Santana (veterano de Angola e Timor Leste) e do lado dos alunos pelo Ten Cel PMERJ André Silva (veterano do Sudão) e pelo Cap Hélio Tenório (veterano do Timor Leste e instrutor do CCOPAB).

Foto: TC PMERJ André Silva (participante); TC PMDF Leonardo SAnt’anna (Palestrante) e Capitão PMESP Hélio (participante).

Cabe ressaltar que se tratava de um evento e natureza policial e que contou com a presença de policiais civis também. A ocorrencia de policiais femininas tambem foi destaque.Outro ponto a ser comentado e que a grande maioria dos policiais não eram veteranos de UN Missions, fato que colocou os brasileiros numa posição de destaque.

 

O curso foi conduzido no idioma de Cervantes.

TC André Silva – PMRJ , veterano do Sudão.”

Published in: on agosto 28, 2011 at 5:00 am  Deixe um comentário  

Policiais militares brasileiro participam de Operação de sucesso em Port Leogane (Haiti)

Operação realizad

No dia 02 de abril, o Tenente PMBA Leonardo Pujol, que serve no componente policial da ONU (United Nations Police – UNPOL) na MINUSTAH passou a ser o mais novo integrante da Joint Operations, unidade que é responsável pela realização de operações conjuntas (UNPOL + FPU+ Militares) em todo o território haitiano.

“Uma nova experiência dentro da MINUSTAH, até o momento muito prazeirosa, pois sinto uma grande proximidade com as minhas atividades desenvolvidas como oficial da PMBA.” – Afirma Pujol.

A Operação foi planejada pelo UNPOL colombiano – Ricardo Romero (Cap), a partir de uma informante da Comissaria de Port Leogane. Diante da informação do exato local onde estavam vivendo os criminosos, a Operação foi executada pela Joint Operation, denominada ANGEL, junto com os PNH locais, com o apoio do Batalhão Brasileiro II (Barbatt 2), o qual foi responsável por executar a segurança do perímetro externo e proteção do aparato policial), da Tropa de Choque e Time SWAT da Jordânia (FPU 1 – Jordan SWAT – na segurança da busca tática) e das unidades de SWAT da UNPOL e da PNH.

Como resultado final da operação, 10 criminosos foram presos, juntamente como uma sub-metralhadora Uzi, 90 muniçöes 9mm, 2 muniçöes 5.56 e cinco carregadores.

Destaca o Tenente Pujol:

“Foi a minha primeira operação e a última do Cap PMERJ Tadeu…”

(O Capitão Tadeu regressou no dia 21 de abril por término de Missão.)

A Operação foi muito positivo e a Chefia da MINUSTAH ficou bastante contente com os resultados: site:  http://www.flickr.com/photos/minustah/sets/72157626492877486/

Parabéns ao Tenente Pujol e ao Capitão Tadeu que muito orgulham o nosso país e a comunidade policial brasileira!!!!

Published in: on abril 25, 2011 at 2:56 pm  Comments (2)  

Policial Militar Boina Azul da ONU assume comando da Guarda Municipal do Rio de Janeiro

No dia 05 de abril de 2011, o Coronel Lima Castro, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – PMERJ, veterano das Missões de Paz da ONU em Moçambique e no Timor Leste, tendo inclusive exercido a função de SubComissário da Polícia da ONU (UNPOL) no país asiático, assumirá a função de Comandante da Guarda Municipal do Rio de Janeiro.

Na função de Chefe da Comunicação Social da PMERJ, o Cel Lima Castro exerceu importante papel como porta-voz da Corporação fluminense durante as ações no Complexo do Alemão no ano de 2010.

O Evento dar-se-á às 15h do dia 5 de abril, na Sede da Guarda Municipal do RJ, localizada na Av. Pedro II, N. 111, São Cristovão – RJ.

Parabéns e sucesso ao veterano!!!!

SC

Published in: on abril 1, 2011 at 10:52 pm  Comments (1)  

TC Silva, da PMERJ, profere palestra para militares que irão compor a MINUSTAH.

No dia 18 de fevereiro de 2011, o Tenente-Coronel André Silva de Mendonça, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – PMERJ, proferiu uma palestra no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) por ocasião do Estagio de Preparação para Comandante de OM e Estado-Maior Combinado para Missoes de Paz.

O tema da palestra foi : “A Integração entre a PMERJ e as FFAA nas últimas Operações Urbanas no RJ”.

O grupo era composto por aproximadamente 40 oficias do EM do Corpo de Fuzileiros Navais e da Força Aérea Brasileira que substituirão os oficiais que estao no Haiti integrando a MINUSTAH.
Nas fotos o TC Silva oferece um quadro com a apresentação da Forca de Pacificação no Complexo do Alemão ao Cel Pessoa, Comandante do Centro.
Parabéns ao TC Silva e ao CCOPAB pelas ações de aproximação entre as Polícias Militares e as Forças Armadas brasileiras.
Cel EB Pessôa (Cmt CCOPAB) e TC PMERJ Silva.
Published in: on fevereiro 20, 2011 at 3:16 am  Deixe um comentário  

Coronel Lima Castro a “Voz” da PMERJ nas operações do Alemão é veterano de 2 missões da ONU

As imagens de traficantes em fuga, homens fortemente armados e veículos militares galgando posições na favela vão ficar gravadas na memória de quem acompanhou a batalha do Alemão. Nunca o trabalho da polícia foi tão explorado em imagens, com direito a transmissão em cadeia nacional de TV e um contingente de comentaristas capaz de expor ao vivo os sucessos e fracassos da operação. Enquanto 2.700 homens conquistavam o Alemão, uma tropa de não mais que meia dúzia de policiais era escalada para uma missão não menos complexa: explicar para o grande público e um pelotão de jornalistas os movimentos da maior ação policial de que se tem notícia no Brasil.

Para quem estava acostumado a ver policiais assassinando plurais e chamando criminosos de “meliantes”, a tropa da comunicação surpreendeu. E sobreviveu, com algumas frases que, ao lado das imagens fortes, concorrem para entrar para a história da ocupação do Alemão. “Quem quiser se entregar que faça-o agora”, sugeriu o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, pouco antes da invasão, criando uma espécie de epíteto para a tomada das favelas.

Quando não estava presente o comandante, o microfone era do também coronel Lima Castro, relações públicas da PM, e do tenente-coronel Paulo Henrique Moraes, comandante do Bope. Com os delegados Allan Turnowski, chefe de Polícia, Ronaldo e Rodrigo Oliveira, estava formado um pequeno e afinado coral, que se revezou diante das câmeras sem escorregões e aparentemente blindados contra a saraivada da imprensa. Lima Castro, sem sombra de dúvida, o mais solicitado, mantido em uma espécie de plantão na Rede Globo, de onde reproduziu com fidelidade a ordem de rendição do chefe, em uma entrevista.

Cecília Ritto

O relações públicas da PM, coronel Lima Castro, exibe uma das apreensões de maconha: experiência em missões internacionais de pazLima Castro em ação: experiência em missões de paz

Entrevistas, aliás, passaram a integrar os treinamentos da tropa de comunicação. Em simulações de situações embaraçosas, os homens da linha de frente da PM começaram mergulhar em uma espécie de ‘mídia training’ – o processo de treinamento de presidentes e executivos de grandes empresas para enfrentar entrevistas.

Direitos humanos – Lima Castro serviu três anos e meio em missões de paz da PM. Esteve em Moçambique em 1993 e 1994, e no Timor Leste em 2000 e 2001, onde também comandou a polícia das Nações Unidas. “Poucos brasileiros sabem que desde 1993 a PM trabalha em missões de paz pelo mundo. Neste momento mesmo, policiais estão derramando seu sangue fora do país, lutando por outros povos”, afirmou, no domingo, dando provas de que conhece a diferença entre um interlocutor fardado e aqueles armados com gravador, caneta e bloquinho.

Fonte: VEJA. (Veja matéria completa)

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/a-tropa-de-choque-a-servico-da-comunicacao

Published in: on novembro 30, 2010 at 10:36 pm  Deixe um comentário  

United Nations police veteran Colonel Lima Castro, Public Information Officer of the Rio de Janeiro Police, is active on providing news.

United Nations veteran Brazilian police Colonel Lima Castro, Public Information Officer –PIO  of the Rio de Janeiro State Police/Gendarmerie (Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – PMERJ), is conducting an excellent job on providing the media and the population with information regarding the once called “War against traffic” in one of the city´s main slums, Complexo do Alemão.

The entire favela (with over 3 km square and includes in its complex other 13 small slums), located in a hill, is totally surrounded and sealed off by a first-time joint operation with federal and state forces in a public security scenario, that includes the 2 Rio de Janeiro police forces, the Army, Marines and Air Forces,  federal police, firefighters, highway patrol.

According to Colonel Lima Castro (police peacekeeper in Mozambique and Deputy-Police Commissioner in East-Timor), one of the closest officers of the PMERJ Commanding Officer (Colonel Mário Sérgio Duarte), deadline for surrender of probably 500 hundreds criminals who are hiding themselves in the favela is due at sunset.

So far, around 30 criminals have being arrested, including 2 heads of organized crime, but daylight is going down.

 “We suggest them to surrender to the police and their fundamental and human rights will be fully respected!” – said Col Lima Castro.

“We are ready to take over…. just waiting for the final order!”

If they do not obey the police order, special police forces, such as the BOPE (Special Operation Unit of the PMERJ) and others, will take over of the Complexo do Alemão!

Brazilian local media is emphasizing that for the first time, Rio de Janeiro population is supporting the police actions in what they call of being their “libertação”.

Honor and Strength for all the brave police and military personnel.

19h00

November 27th – 2010.

Sources: R7 , Último Segundo


Published in: on novembro 27, 2010 at 10:57 pm  Comments (4)  

Marinha suspende treinamento para Haiti e manda 500 fuzileiros para o Rio

Tropa de elite naval que participará da Minustah ficará de prontidão para possível emprego em ações contra ataques a criminosos

Raphael Gomide, iG Rio de Janeiro | 25/11/2010 12:57

Compartilhar:

A Marinha suspendeu o treinamento de 500 homens do Corpo de Fuzileiros Navais que se preparam para participar na Minustah (Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti), em Itaoca (ES), e determinou o retorno imediato do contingente para o Rio.

iG apurou que a ordem, da Divisão Anfíbia da Marinha, tem como objetivo deixar os militares de prontidão para auxiliar na ação de combate a traficantes no Rio. O grupo que chega ao Rio no início desta tarde é do 1º Batalhão de Fuzileiros Navais, localizado na Ilha do Governador, e irá ao Haiti em janeiro.

A informação inicial dos militares é de que a tropa será empregada em situação de combate real contra traficantes no Rio, mas a Marinha e a Secretaria de Segurança não confirmam isso. “O treinamento vai ser real”, disse ao iG um oficial da Marinha. O governo do Rio e a Marinha vêm afirmando que o apoio será apenas logístico e com material.

O treinamento dos fuzileiros navais só acabaria amanhã e foi suspenso. Os militares saíram de Itaoca (ES) no início da manhã desta quinta-feira.

A Marinha emprestou 14 veículos blindados – 6 Piranhas (sobre rodas), quatro M-113 e quatro Clanfs (Carro Lagarta Anfíbio) –, à Polícia Militar nesta manhã, a partir de pedido de auxílio do governador do Estado, Sérgio Cabral. Além dos blindados, conduzidos por militares da Marinha, o acordo prevê empréstimo de armas, munições e óculos de visão noturna para os policiais do Bope.

Neste momento, dois pelotões de fuzileiros navais, com 80 homens, apóiam policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) na operação na Vila Cruzeiro.

Fonte: Último Segundo.

Nota: Enviado pelo Cap. Fabrício Bassalo.

Published in: on novembro 25, 2010 at 4:52 pm  Comments (1)  

Coronel Lima Castro é agraciado no Rio de Janeiro

Na presente data, o Coronel Lima Castro, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, veterano de 2 Operações de Manutenção de Paz da ONU, foi agraciado com a medalha do Museu Militar Conde de Linhares durante o CICOMINU (Ciclo Interativo das Comemorações Internacionais das Nações Unidas).

Ao veterano, os votos de sucesso contínuo na carreira!

Published in: on novembro 11, 2010 at 1:10 am  Comments (3)  

Major PMRJ Silva ministra instruções nos Centros de Operações de Paz

Acima, foto do Major Silva (a esquerda) e o Capitão PMESP Hélio no Centro de Operações de Paz Conjuntas do Brasil – CCOPAB

O Major Silva, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, veterano da Missão de Paz da ONU no Sudão, participou nos dias 15, 18 e 25 de outubro do Estágio de Preparação para Missões de Paz 2010.2, no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), onde ministrou instruções para efetivos que em breve estarão seguindo para missões de paz na ONU.

No primeiro encontro os alunos foram Observadores Militares (MilObs) e o assunto foi  “Investigations”.

No segundo encontro o assunto foi “UN Police na UNMIS” para policiais (UNPOL).

Na Escola de Operações de Paz do Corpo de Fuzileiros Navais minitrou instruções foi para oficiais da Marinha e o assunto foi “UN Police”, “marcando a presença dos veteranos da polícia.” Contudo, não há fotos que registram as instruções.

Sérgio Carrera

Published in: on outubro 27, 2010 at 11:39 pm  Comments (1)  

PM do Rio de Janeiro também se destaca em provas para Missões de Paz (ago 2010)

Em complemente a última notícia postada, informo que o TC Joseli Candido, da Polícia Militar do RJ, veterano de Angola, também foi aprovado nos idiomas inglês e francês. (em Recife, ago 2010).

Alto nível!

Parabéns ao TC Cândido e à PMERJ.

Sérgio Carrera

Published in: on setembro 18, 2010 at 11:10 am  Deixe um comentário  

Resultado parcial do Processo seletivo 1/2010

Dos 33 oficiais PM que fizeram as provas de língua inglesa em Brasília, no dia 04 de maio de 2010, 16 foram aprovados, sendo 10 do DF, 02 de PE, 03 SP e 01 do RJ.

Ainda faltam as provas de tiro e direção, sem contar os candidatos que realizaram hoje as provas de francês.

Good luck!

Published in: on maio 5, 2010 at 3:16 pm  Deixe um comentário  

Policiais militares veteranos de Missões de Paz da ONU são voluntários para ajudar no Haiti

Um grupo de oficiais das políciais militares brasileiras, todos veteranos de Missões de Paz da ONU, alguns com experiência na área operacional no Haiti, estão se mobilizando para ajudar, em questões de segurança e de resgates, as demais equipes em Porto Príncipe.

A maturidade e experiência profissional desses policiais militares brasileiros em áreas conflituosas podem contribuir com os esforços que estão sendo somados dia a dia no Haiti.

Policiais militares de vários estados da Federação, inclusive oficiais femininos, são voluntários e estão prontos para o embarque.

Sabemos que existem prioridades, como a remessa de mantimentos, comida, água, envio de equipes de resgate e de hospitais de campanha, bem como as dificuldades de pouso e decolagens do Aeroporto de Porto Príncipe, mas temos certeza que a coordenação de UNPOLs com experiência pode ser muito importante, em especial, pelo conhecimento da cultura, idioma e dos policiais, podendo facilitar as ações conjuntas., principalmente nos rompantes de violência que estão ocorrendo na capital haitiana.

A idéia não é a de realizar tour de missão, mas sim de missão especial enquanto necessário.

Nos colocar a disposição, via Governos Estaduais e do Distrito Federal, ou por solicitação do COTER (trâmite normal).

Policiais militares do Distrito Federal, do Rio Grande do Sul, de Goiás e do Rio de Janeiro já se apresentaram como voluntários. A tendência é que essa relação cresça. (será atualizada diariamente).

Temos conhecimento das prioridades das autoridades brasileiras, mas estejam certos que vários policiais militares veteranos estão em condições de pronto emprego.

O Exército Brasileiro, via COTER e IGPM, pode intermediar junto aos Estados, como tem sido feito ao longo dos anos. E os Estados e Distrito Federal podem oferecer PMs voluntários.

Contamos com o apoio das nossas Corporações PM, de nossos governadores e das autoridades federais (Ministério da Defesa, MRE, Exército, SAE, etc.). A causa é nobre, é humanitária e urgente!

Toda ajuda é bem vinda ao Haiti! Queremos ajudar e estamos prontos para isso!

Uma vez peacekeeper, sempre peacekeeper!

“Grupo de policiais militares veteranos de Operações de Paz da ONU”

OBS: Os PMs veteranos, que não participam dos grupos de debate, favor encaminhar email, caso seja voluntário!

 

 

Published in: on janeiro 16, 2010 at 4:46 am  Deixe um comentário  

Policiais militares que serviram na Missão de Paz da ONU no Sudão já estão em terra brasilis.

Já encontram-se em solo brasileiro, os 3 policiais militares que durante um ano abriram mão do conforto do lar, da família, parentes, amigos e da Corporação, para servir a uma causa nobre, em terra distante, cultura e idioma diferente, na Missão de Paz da ONU no Sudão.

FIM DE MISSÃO (End of Mission)

São eles: o Major PMERJ Silva, 1 TEN PMESP Bruno e 2 TEN PMMT Menin! (dezembro de 2008 a dezembro de 2009)

PARABÉNS, NOBRES POLICIAIS MILITARES!

HONRARAM O BRASIL, SEUS ESTADOS E AS SUAS CORPORAÇÕES PM E, COM CERTEZA, DEIXARAM ORGULHOSOS SEUS FAMILIARES E AMIGOS!

Boa readaptação!!!!

Grande abraço,

Sérgio Carrera

PS: Ah, em relação aos substitutos…ainda não sei! Quando souber comunico!

Published in: on dezembro 12, 2009 at 1:11 am  Deixe um comentário  

Team Site Leaders Workshop in Juba, Sudan.

Recentemente, o Major PMESRJ Silva participou de um workshop com todos os Team Site Leaders (TSL) and Deputies (DTSL) em Juba.

Segue abaixo, seus relatos quanto ao Woerkshop:

“Este Workshop foi atendido por mim e pelo meu Deputy/Operations Officer Tenente Bruno, da Polícia Militar do Estado de SP. Foram 3 dias de briefings e palestras com todos os TSL e DTSL do Regional Sul que engloba 3 Setores: 1,2 e 3.
 
Team Sites representados:
Sector 1 – Juba, Yei, Yambio, Maridi e Torit.
Sector 2 – Wau, Rumbek, Warrab e Aweil.
Sector 3 – Bor, Bentiu, Malakal, Nassir e Melut.
 
O mais importante, a meu ver, foi ter a visao global da missao, visualizar que as nossas dificuldades sao as mesmas para todos os Teams Sites (TS). Dificuldades logisticas com veiculos, computadores, acomodacoes, dificuldades com F-10 Claims, restricoes de voo, dificuldades com aprovacao de MOPs e variacao constante do foco principal da missao (quando cheguei eram as Co-locations, depois as eleicoes e hoje o treinamento) sao exatamente as mesmas para todos.
Muitas perguntas nao foram respondidas apropriadamente pelos “chairmen” e muitas promessas para um futuro no qual felizmente nao estaremos mais por aqui.
 
Resumindo, a UNMIS e um grande laboratorio onde entre erros e acertos, prevalece a capacidade de flexibilizacao, criatividade e adaptacao do POLICIAL que pelo que constatei e bastante similar no mundo todo.

MAJ PMESRJ SILVA

Comandante do Contingente Policial Militar Brasileiro na UNMIS – Sudão 2009″

Published in: on novembro 21, 2009 at 9:42 pm  Deixe um comentário  

Explicações sobre CTO e AL no Blog do UNPolice

Indico leitura dos últimos posts do Blog do Capitão BMRS Marco Antônio sobre CTO e AL.

Os textos são bem explicativos e atualizados. Postei alguns dias um texto do Major Silva sobre seus CTOs.

Sérgio Carrera

Published in: on novembro 9, 2009 at 11:46 pm  Deixe um comentário  

Major PMERJ André Silva, chefe do contingente policial brasileiro no Sudão, conta um pouco sobre seus CTO

CIMG0022[1]CTO. Tempo de recuperar energias e aumentar o lastro de conhecimento geral.

 

Com o final da minha missão se aproximando, gostaria de escrever sobre um assunto a parte da missão, mas que julgo de grande importância, o descanso. Esta missão – UNMIS – nos leva a um mundo completamente fora de nossos itinerários habituais como policial brasileiro, que penso ser Estados Unidos e Europa.

 Jamais pensei em minha vida particular, ir ao continente africano, tampouco a Ásia. Minhas incursoes como oficial de polícia em viagem oficial se limitaram aos EUA. Provavelmente, na viagem do CSP, atingiria a Europa. Porém, nesta missão, devido a 2 principais fatores, o primeiro estar recebendo em USD e o segundo estar exatamente no meio do mundo, além da oportunidade de folga (80 dias em 1 ano ) busquei conhecer destinos jamais imaginados. Como dica aos futuros participantes da UNMIS, revelo minha epopéia:

 Primeiro CTO: Zanzibar – Tanzânia.

Na ilha de Zanzibar, pude mergulhar no Oceano Índico e desfrutar de lindas praias. A história da ilha também me atraiu, sendo no passado um importante entreposto comercial entre o ocidente e o oriente. No continente, na Tanzânia, estive num safari no Mikumi National Park, onde pude ver de perto girafas, elefantes, zebras, búfalos, hipopótamos…

 Segundo CTO: Egito, Jordânia e Israel.

Fui  na qualidade de mochileiro. Obviamente, conheci as pirâmides, andei de camelo e fui num cruzeiro no Nilo. Depois parti pra Sharm el Shiekh, de avião, na esperança de mergulhar no Red Sea. Infelizmente estava sem minha licença de mergulhador o que deixou meus planos para uma próxima oportunidade. Rumei então de ônibus para Taba, atravessei a fronteira com Israel, peguei um táxi até a fronteira com a Jordânia onde peguei outro táxi e fui para o meu destino final: Petra. Sensacional vista deste “spot” que é uma das maravilhas do mundo. Voltei pra Eilat e de ônibus parti pra Tel Aviv de onde fiz uma base para alcançar Jerusalém e Belém.

 Terceiro CTO: Brasil

Porque ninguém e de ferro…casa familia…Rio de Janeiro ! Sem comentarios.

 Quarto CTO: Dubai e China.

Estive em Dubai por 4 dias onde fiz o passeio de Big Bus (igual ao de Londres) e fui a um “safari árabe”, com passeio de veículo 4X4 nas dunas, show de danca do ventre, churrasco, narguile (shisha). Shoppings, modernidade, metrô recém inaugurado e o maior edifício do mundo também me encantaram. Daí, parti para Hong Kong, e de trem para Shaghai e finalmente de trem para Beijing. Macau, Cidade Perdida, Praça Celestial da Paz, Ninho do Pássaro, Cubo d’água, Muralha da China, o povo chinês..foram os pontos altos.

Quinto CTO: provavelmente será por aqui mesmo em Khartoum pois há somente um resto de dias a gozar.

Fora a minha aventura particular, gostaria de passar para os leitores deste texto a importância do descanso na Missão e para aproveitarem as oportunidades oferecidas por cada lugar onde existe uma missao da UN. Na minha concepção, às vezes uma viagem tem mais valor do que um curso, pois podemos ver “on the ground” como é a geografia, a organização, cultura, educação, costumes, polícia, povo, enfim…uma super experiência.

 

Cartum – Sudão, em  04 de novembro de 2009.

Maj PMERJ André Silva.

35 dias pro final!

 

Published in: on novembro 4, 2009 at 11:19 pm  Comments (1)  

Policiais militares brasileiros são condecorados pela ONU no Sudão

O eftivo policial militar brasileiro a disposição das Nações Unidas na Missão de Paz no Sudão foram agraciados com a outorga da Medalha “In the Service of Peace”, nesta quarta-feira, dia 15 de julho de 2009.

Parabéns aos nobres oficiais!

Tenham certeza que são motivo de orgulho para suas famílias, Corporação Policial Militar, cidade, Estado e Nação.

Major PMESRJ Silva, 1 Tenente PMESP Bruno e 2 Tenente PMMT Menin!

 01[1]

02[1]

03[1]

04[1]

05[1]

06[1]

07[1]

Published in: on julho 17, 2009 at 1:40 am  Comments (5)  

Major Silva (PMERJ) representa o Brasil na reunião de comandantes de contingente no Sudão.

CC_Meeting[1]

Published in: on maio 27, 2009 at 11:55 pm  Deixe um comentário  

O Major Silva (PMERJ) recebe visita do comando da UNMIS na região de Yei, no Sudão

No Sudão, o Deputy Police Commissioner da UNMIS, um policial americano, e o Sector Commander, um policial alemão, realizaram uma visita relâmpago a região de Yei, local de trabalho do Major Silva, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Em foco, o Major Silva, que é o team leader de Yei, explana aos policiais do comando da Operação de Paz sobre a rotina das atividades do Team Site.(maio 2009)

SDC10852[1]

Published in: on maio 25, 2009 at 10:28 pm  Deixe um comentário  

Contingente Policial Militar brasileiro na Missão de Paz da ONU no Sudão (2009)

Tenente PMMT Menin, Major PMERJ Silva e Tenente PMESP Bruno. Sudão, 2009.

Equipe%20brasuca%20no%20MHQ%20em%20Khartoum[1]

Published in: on maio 13, 2009 at 2:04 am  Comments (3)  

Major Silva (PMERJ) participa de uma Longe Range Patrol no Sudão

“Nos dias 17 e 18 de fevereiro, foi lancada uma Long Range Patrol ate Kajokeji, um “county” distante 170 km de Yei. Em termos de Brasil, a 80 km /h, 2 horas seriam suficientes para se chegar…Porem nas deficientes estradas do Sul do Sudao, um martirio de aproximadamente 7 ou 8 horas na estrada. O objetivo da “joint patrol” foi fazer um reconhecimento sobre, nivel de seguranca, condicoes de estrada, necessidades da policia local no tocante a Treinamento, R&R (Restruturacao e Reforma), Co-location, Community Policing, Avaliacao Eleitoral e outros assuntos.
Fomos numa forca de aproximadamente 40 pessoas com a Force Protection do BANBAT. Percorremos varios locais onde as pessoas ao avistarem o comboio acenavam com as maos, e com sorriso no rosto, demonstrando a humildade do povo africano. No local, fomos recebidos pelo County Commissioner (Prefeito) e varios objetivos foram alcancados. Em complemento a esta primeira LRP, foi lancada uma 2nd esta semana, entre 23 e 26 afim de complementar o trabalho da primeira.
Forte Abraco,
Maj Silva.
Chefe do Contigente Policial Brasileiro na Missão de Paz da ONU no Sudão (fevereiro 2009)”
sdc1036711
sdc103711
sdc103521
sdc103051
Published in: on março 1, 2009 at 10:27 pm  Comments (1)  

Novas designacoes de oficiais PM para Missoes de Paz da ONU

Outubro 2008 – Sudao

PMRJ: MAJ ANDRE SILVA DE MENDONCA

PMESP: 2 TEN BRUNO DE OLIVEIRA

PMMT: ANDREI CESAR MENIN 

 

Janeiro 2009 – HAITI

PMDF: 1º TEN PM DAVIS HEBERTON DE SOUSA

PMAM: CAP PM ALGENOR MARIA DA COSTA TEIXEIRA FILHO

PMPA: CAP PM FABRÍCIO SILVA BASSALO

  

Fevereiro 2009 – Timor Leste

PMPB: 1º TEN ONIERBETH ELIAS DE OLIVEIRA

BMRS: CAP ARNALDO HOFFMANN NETTO

Published in: on janeiro 20, 2009 at 1:44 am  Deixe um comentário  

Relatos do Sudão – Major André Silva (PMERJ)

 “Aqui é muito primitivo… em Khartoum o ambiente é arabe…aqui é Africa pura…criancas. ..desorganizacao …mulheres em vestidos coloridos e baldes na cabeca….povo miseravel mas com sorriso no rosto e vontade de tocar…nos cumprimentar.”

” O pessoal é muito agradável.. .adoram soccer…no primeiro dia aqui fomos correr, umas criancas vieram atras…rolando pneus…fazendo a maior festa ! ”

 

Major André Silva – Polícia Militar do Estado do rio de Janeiro

Chefe do Contingente Policial Brasileiro no Sudão

Published in: on janeiro 4, 2009 at 5:40 pm  Deixe um comentário  

Policiais brasileiros são classificados no Sudão

Os três Oficiais da Polícia Militar recém-chegados ao Sudão foram classificados na cidade de Yei, ao Sul do Sudão, próximo a fronteira com o Congo. De acordo com as primeiras informações do Major da PM do Rio de Janeiro André Silva, Chefe do Contingente Policial Brasileiro no Sudão, inicialmente,  eles irão desempenhar funções de patrulhamento e monitoramento. Desarmados.

Published in: on janeiro 4, 2009 at 5:38 pm  Deixe um comentário  

Policias brasileiros em evento no interior de Moçambique

Almoço de despedida dos contigentes relacionados para o primeiro repatriamento por término de Missão na sede do Comando Regional Sul da CIVPOL (até pouco tempo, UNPOL – United Nations Police eram chamados de CIVPOL – Civilian Police), na cidade de Matola, Moçambique. Dezembro 1994.

Na foto, o então Capitão PMDF Sérgio Carrera (segundo a direita), o Capitão PMERJ Lima Casto (segundo a esquerda), um Oficial do EB brasileiro convidado (Observador Militar) e o UNPOL Melendez, da Guardia Civil da Espanha.

Published in: on maio 28, 2008 at 10:28 pm  Comments (2)