Brasil sediará a 21ª Conferência da IAPTC em 2015.

O Brasil será o organizador e sediará a 21ª Conferência Anual da Associação Internacional dos Centros de Treinamento de Manutenção de Paz (IAPTC).

Mais informações ainda não disponíveis.

Site da IAPTC: http://www.iaptc.org/

Published in: on fevereiro 3, 2014 at 10:00 pm  Deixe um comentário  

Conferência da Associação Internacional dos Centros de Treinamento de Manutenção de Paz (IAPTC) – 2014

Entre os dias 23 e 26 de junho de 2014, em Jacarta/Indonésia, será realizada a 20ª Conferência da Associação Internacional dos Centros de Treinamento de Manutenção de Paz (IAPTC). Anualmente, o Brasil é representado por militares.

iaptc

Teremos algum policial brasileiro com experiência participando dos painéis e temas afetos a policiamento internacional (Polícia da ONU – UNPOL)?

Para mais, site do evento: http://www.pkc-indonesia.mil.id/events/iaptc

The Conference will provide a unique platform for those who work in the field of peacekeeping education, training and operations to come together and discuss relevant key issues. For effective and purposeful peacekeeping operations it is essential for all stakeholders to operate in partnership, sharing information and knowledge.

Published in: on fevereiro 3, 2014 at 9:54 pm  Deixe um comentário  

Vaga aberta na UNPOL MINUSTAH

Abertura de vagas: Special Assistant to the Police Commissioner na MINUSTAH (P/4).

Para mais, ver Inspira e Galaxy.

Published in: on fevereiro 3, 2014 at 8:40 pm  Deixe um comentário  

“United Nations Representative to the Geneva International Discussions” (UNRGID)

02 (duas) Vagas para Policiais veteranos na ONU foram encaminhadas aos estados-membros em dezembro/2013:

1 – Police Advisor.
2 – Crossings Management Expert.

Local: Genebra/Suica – “United Nations Representative to the Geneva International Discussions” (UNRGID).

Foco: Situação dos territórios georgianos da Abcásia e da Ossétia do Sul.

Regime: Contrato (“secondment”)

Período: um ano (inicial), com possibilidade de extensão.

Pre-requisitos: candidatos devem ser fluentes nos idiomas inglês e russo.

Deadline: 15 janeiro 2014.

Remarks: Desconhecimento se algum policial brasileiro foi indicado. Fluente em ingles e russo… dificil!

Published in: on fevereiro 3, 2014 at 8:35 pm  Deixe um comentário  

Encontro Temático Sobre Capacitação e Desenvolvimento Policial

A ONU solicitou junto aos Estados-membros a indicacao de policial, fluente em inglês ou francês, para participar do “Encontro Temático Sobre Capacitação e Desenvolvimento Policial”, em Oslo/Noruega (19 e 21 de março de 2014), o primeiro de quatro previstos para o “Strategic Guidance Framework“(SGF) sobre policiamento internacional.

Voluntários existem inúmeros.

Desejamos um feedback do policial veterano que o Governo brasileiro designou para participar.

Uma excelente oportunidade!

Published in: on fevereiro 3, 2014 at 8:31 pm  Deixe um comentário  

Feliz 2014

“Bom dia,

Escrevo o presente com o objetivo de agradecer a todos os profissionais (diplomatas, policiais, militares, academicos, autoridades politicas, etc.) que, de alguma maneira, estiveram presentes nos debates relativos ao tema missão de paz x UNPOL, no ano de 2013.

Acredito que foi um ano importante para a quebra de alguns paradigmas, má-interpretações e visões obsoletas, de várias partes. Alguns, mui modesta e humildemente, souberam aceitar (inclusive eu) falhas de conhecimento mais preciso de certos pontos que regem a gestão do UNPOL no Brasil. Alguns, de maneira discreta, outros de maneira mais incisivas. Outros, irônica e falsamente, buscaram, à surdina e pelas costas (enquanto riam e agradeciam pela frente – pura falsidade), articular-se negativamente contra um objetivo comum, o de melhorar a imagem da presença policial brasileira em missões internacionais. Neste caso, pressupõe-se que muito mais por questões de ignorância sobre os temas correlatos, limitação intelectual e incompetência profissional, o qual encontramos em todos os ambientes de trabalho, do que por outro qualquer motivo. Apenas pelo simples fato de se sentir superior e “autoridade”, o que é lamentável e digno de pena.

Felizmente, pode-se perceber que alguns paradigmas foram mudados e a prova disso, mesmo com “forcas contrarias”, foi que as mudanças ocorreram, estão ocorrendo e assim continuarão, havendo interesse do pais.

Dentre os principais pontos relativos a UNPOL que foram intensamente debatidos no ano de 2013, dois foram fundamentais e “conseguimos” mudar a interpretação e entendimento em vários níveis da gestão UNPOL no Brasil (desde das Corporações PM, Governos Estaduais, Exercito Brasileiro (EB), Ministério da Defesa (MD), Ministério das Relações Exteriores (MRE) , Missão Permanente junto a ONU, etc.), sendo: 1) a extensão e 2) aumento de vagas de UNPOL em missões.

Ficou evidente que não existe limite de vagas por pais (cabe a cada estado-membro articular junto a Police Division/DPKO e submeter CVs de policiais qualificados de acordo com os skill-sets exigidos por cada missão (se uma missão necessita de 3 instrutores de tiro, não importa a nacionalidade deles, mesmo havendo uma articulação política para que os países mantenham um mínimo de efetivo em cada missão) e o tema da extensão (que é menos dispendioso tanto para a ONU quanto para o estado-membro, além de proporcionar um aumento natural do efetivo em missões de paz. Outro ponto importante é que a consulta para a extensão deve seguir até os governos estaduais, que são os responsáveis pela cessão e pagamento dos salários dos policiais a disposição da ONU).

O CASO CONCRETO: Em novembro de 2012 haviam 2 UNPOLs brasileiros na MINUSTAH. Com as extensões e mudança de interpretação sobre a questão do número de vagas, em janeiro de 2014, o Brasil conta com 10 UNPOLs e aguarda mais 11 policiais para o início de fevereiro, com expectativa de 21 policias brasileiros. Esses são fatos e quanto a eles não há o que se argumentar. Aí esta a resposta a alguns que sempre estiveram “certos” que isso seria impossível.

Vários foram os atores que participaram de inúmeras trocas de e-mail, reuniões, relatórios, discussões e debates que de maneira, direta ou indireta, contribuíram para que mudanças na gestão UNPOL brasileira pudesse evoluir. E espero que assim continue. Alguns conhecidos, outros nem tanto. Mas todos prestaram valiosas contribuições para avanços no tema UNPOL/Brasil. São profissionais de altíssimo nível e que sem dúvida merecem o devido reconhecimento pelo envolvimento e ajuda continua, ao menos da minha parte. Os que por e-mail receberam este e-mail por certo fazem parte dessa lista.

Agradeço em nome de todos os policiais veteranos e candidatos a participar de uma missão de paz!

Sem duvida que vossas contribuições foram importantíssimas.

Na oportunidade que vos desejo um ano de 2014, pleno de realizações pessoais e profissionais, com muita saúde e paz, gostaria de manifestar meu modesto afastamento do referido tema de uma maneira direta. Mesmo estando satisfeito com as “vitórias” para os UNPOLs brasileiros conquistadas nos últimos meses, infelizmente algumas pessoas levam os debates (que deveriam ser vistos de forma construtiva, pois, ninguém é detentor da razão) para o lado pessoal, o que tem sido muito cansativo e desgastante ao longo desses anos. Apago minha pagina de “United Nations Police – UNPOL” no facebook e passo a disposição quando e se solicitado.

Agradeço a todos que tiveram a maturidade e, de uma forma macro, conseguiram unir esforços e solidificar um pouco mais os policiais brasileiros em missões de paz. Ainda temos muito a evoluir, mas com certeza que a tendência é apenas melhorar a cada ano. Que unamos as forcas, conhecimentos e instituicoes. Os resultados serao sempre em beneficio do Brasil. E assim devem ser vistos.

Um grande abraço e um excelente ano de 2014,
Sérgio Carrera

PS: Quanto a alguns pontos que foram divulgados ocultamente por e-mail, como respostas pessoais: devido à reiterada prova de desconhecimento técnico e de experiência real de quem as escreveu, sequer merece contra argumentações.

PS2: Sinto pelos erros – teclado desconfigurado.”

Published in: on janeiro 16, 2014 at 4:53 pm  Deixe um comentário