Processso de Gestão de UNPOL: Bangladesh

Bangladesh

A Polícia de Bangladesh iniciou sua participação em Missões de Paz em 1989, no Grupo de Assistência de Transição das Nações Unidas (United Nations Transition Assistance Group – UNTAG) na Namíbia e desde então, tem feito parte de praticamente todas as Missões. De acordo com os dados disponíveis no site oficial da Polícia Bangladesh, até 20 de abril de 2010, o país enviou cerca de 6400 policiais nas operações de paz e conta com aproximadamente 1500 policiais em seriço atualmente.

Após a implementação das Tropas de Choque (FPU) nos componente policiais nas Missões de Paz em 1999, o Governo do país percebeu a oportunidade de enviar uma maior quantidade de policiais para trabalhar sob a égide das Nações Unidas. Atualmente, a plena maioria dos policiais do país compoem as FPU em várias Missões, como no Timor Leste, Congo, Costa do Marfim e Darfur (Sudão) e estão, inclusive, na preparação e desdobramento de um contingente FPU composto somente por policiais femininas.

Policiais de Bangladesh tem trabalhado não apenas no terreno, mas no Departamento de Operações de Manutenção de Paz da ONU (DPKO) e em funções de destaque:

Bangladeshi police officers worked as the Chief of Staff, Chief of Community Policing, Chief of Logistics, Sector Commanders, Team site Leaders, Public Relations Officers, Training Officers, Gender and Child Protection Officers, etc. Bangladeshi police officers are also working in various permanent posts in the UN Head Quarters. Recently, a Bangladeshi police officer is working as the police coordinator of the UN Secretary General in the Afghanistan mission. (RAZA, 2010)

Os policiais são submetidos a um curso de duas semanas, onde terão noções básicas sobre geografia, política, cultura e história geral do local onde irão trabalhar, policiamento em ambiente internaiconal, direitos humanos, proteção às minorias e gênero e policiamento comunitário, segurança pessoal, a mediação entre os beligerantes facções ou grupos organizados e resgate de reféns, sendo treinados pelos policiais mais conceituados do país e de outros países e seguem o previsto no Manual da ONU para UNPOL em relação aos pré-requisitos, tais como tempo de serviço  e sem antecedentes criminais. O país está entre os Estados-membros da ONU que mais contribuem com policiais (RAZA, 2010).

logo__.png

 

 

Anúncios
Published in: on março 9, 2016 at 3:45 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2016/03/09/processso-de-gestao-de-unpol-bangladesh/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: