Exploração/abuso sexual, AIDS e envolvimento com locais

Mesmo com vedação expressa, os casos de relações sexuais entre efetivos da ONU com locais são comuns em áreas de missão de paz. A proibição tem como objetivo evitar a exploração e o abuso sexual.

Entretanto, mesmo todos os componentes (civis, militares e policiais) recebendo instruções sobre o tema, que é classificado como gravíssimo pela ONU (salvo quando a relação não seja de dependência econômica) – inclusive como proibitivo para novas missões na Organização, muitos são os casos de envolvimento de staff da ONU nessas circunstâncias, inclusive de brasileiros.

– Quantos brasileiros foram contaminados pelo HIV em missões?

– Quantos adquiriram DST?

– Quantos deixaram filhos nos países?

– Quantos brasileiros exploraram e abusaram sexualmente de locais durante a missão?

– Quanto foram investigados e quantos passaram em branco?

Vista grossa e o “abafa” predominam nessas situações.

Quem perde? TODOS.

Sem hipocrisia….

Para reflexão!

PS: Há de se ressaltar que “casos de amor” acontecem (não havendo problemas), onde famílias são constituídas (muitos casos reais).

Anúncios
Published in: on março 26, 2015 at 2:28 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2015/03/26/exploracaoabuso-sexual-aids-e-envolvimento-com-locais/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: