Mulheres, paz e segurança : propostos indicadores para acompanhar aplicação de resolução 1325

Dez anos após a sua adoção, a aplicação da resolução 1325 (2000) do Conselho de Segurança sobre as mulheres, a paz e a segurança continua a ser lenta, no seu conjunto, e a avaliação dos progressos alcançados é limitada pela falta de dados de referência e de indicadores precisos, mensuráveis, adequados e a que estejam associados prazos, considera o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, num relatório publicado hoje.

“O pedido, formulado pelo Conselho de Segurança, de criação de um conjunto de indicadores que deveriam ser utilizados a nível mundial para acompanhar a aplicação da resolução 1325 (2000) chegou num momento oportuno”, acrescenta Ban Ki-moon no relatório.

A 5 de Outubro de 2009, o Conselho de Segurança adoptou a resolução 1889 (2009), na qual se declarava vivamente preocupado com os obstáculos persistentes à plena participação das mulheres na prevenção e resolução de conflitos bem cono na vida pública, após um conflito. Considerou que a marginalização das mulheres podia atrasar ou comprometer a instauração de uma paz e segurança duradouras e a reconciliação.

O Conselho pediu, assim, ao Secretário-Geral que lhe apresentasse, para apreciação, no prazo de seis meses, um conjunto de indicadores a serem utilizados a nível mundial para acompanhar a aplicação da resolução 1325 (2000).

Na sequência de consultas aprofundadas, o Secretário-Geral sugere que se peça aos organismos da ONU para colaborarem com as organizações competentes e as partes com conhecimentos técnicos no domínio da recolha e análise de dados, com vista a recolher os dados para os indicadores o mais rapidamente possível, a fim de os disponibilizar a todos os actores envolvidos, incluindo os Estados-membros.

O relatório sugere igualmente que se exija que as informações obtidas graças a estes indicadores sejam incorporadas nos relatórios de países apresentados pelo Secretário-Geral ao Conselho de Segurança, quando tal for possível.

Propõe ainda que, paralelamente aos esforços desenvolvidos pelas entidades da ONU, se convidem os Estados-membros a utilizarem os indicadores, a título experimental, para se certificarem de que correspondem aos contextos nacionais, e a definirem as boas práticas em matéria de recolha e análise de dados.

(Baseado numa notícia divulgada pelo Centro de Notícias da ONU a 23/04/2010)

fONTE: UNIC-RIO

Anúncios
Published in: on junho 2, 2014 at 2:06 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2014/06/02/mulheres-paz-e-seguranca-propostos-indicadores-para-acompanhar-aplicacao-de-resolucao-1325/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: