Sargentos e Subtenentes PM estão autorizados a participar do processo seletivo para Missoes de Paz da ONU

Leia na integra: Blog UNPolice

“A principal mudança é a autorização para a participação de Subtenentes e Sargentos no processo seletivo, uma mudança esperada por praças da polícia militar de todos os Estados brasileiros. Como na Diretriz de 2012, o documento deste ano deixa bem claro que o concurso não se resume apenas às provas de Idioma (Inglês/Francês), Condução de Viatura 4X4 e tiro. Estas provas fazem parte da 1ª Fase do processo seletivo, o qual é constituído de 3 fases distintas.
As três fases são as seguintes:
1ª Fase: Prova escrita e oral de Inglês, Condução de Vtr 4X4 e Tiro;
2ª Fase: Os aprovados na 1ª Fase serão matriculados em um curso à distância – EAD – no Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil – CCOPAB. No início do curso os candidatos receberão o material para estudo com cerca de 500 páginas (em Inglês) e devem realizar uma prova ao final de 30 dias. A média para aprovação é 7,0.
A 3ª Fase é constituída de um curso presencial no CCOPAB, no Rio de Janeiro, com duração de 4 semanas. Normalmente são realizados 02 cursos durante o ano, o primeiro no mês de abril e o segundo no mês de outubro.
Concluído o concurso, os aprovados estarão aptos a receber a designação para uma das Missões de Paz da ONU para as quais o Brasil envia policiais (Guiné Bissau, Haiti e Sudão do Sul). A prioridade de indicação, segundo a Diretriz, é para os policiais que frequentarem o curso presencial, ou seja, concluírem com aprovação as 03 fases do concurso. Esgotada esta possibilidade, serão indicados os que realizaram o curso à distância. E, por fim, os policiais militares aprovados na 1ª fase.
A Diretriz permanece com a informação de que o policial militar que concluir uma missão de paz com duração mínima de 6 (seis) meses, permanecerá habilitado por mais 18 (dezoito) meses, a contar da data de término da missão.
As provas serão realizadas conforme o seguinte calendário:
– 23 a 26 de abril: Porto Alegre e Recife. (A prova de idioma será somente o Inglês)
– 5 a 9 de Agosto: Brasília e Manaus. (A prova de Idioma será Inglês e francês) O candidato deve optar por um dos idiomas ou, caso queira, poderá se submeter aos dois testes.”

Anúncios
Published in: on fevereiro 9, 2013 at 9:35 pm  Comments (4)  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2013/02/09/missoes-de-paz-sargentos-e-subtenentes-estao-autorizados-a-participar-do-processo-seletivo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. é algo sofrível ver o Estado exigir algo que não ofereceu aos policiais militares dos estados. sou primeiro sargento da PM e agora em fevereiro completo 20 anos de efetivo serviço, no entanto durante meus 3 cursos de formação (CFSD, CFC e CFS) e de aperfeiçoamento (CAS) tive apenas aulas teoricas de tiro e algusn tirinhos, sendo 5 mosquefal modelo 968 e 10 de revolver cal. 38 e no CFS 90 tiros de pt.40. Como pode o Estado exigir que um policial “qualificado desta forma” possa se inscrever em uma seleção desta? isso é brincar com a praça meus caros, é dizer foi dada a oportunidade, mas são incompetentes e não souberam aproveitar. é isso que somos obrigados a ouvir e sabemos bem de quem é a culpa disso!!! Sobre fazer prova de ingles oral e escrita. Quando que a PM valorizou o conhecimento? quando se preocuparam em permitir que o PM estudasse? que aprendesse uma segunda lingua? quando??? e faço inlês é por minha conta, eu pago com meu dinheiro e a policia não precisa contar com este meu aprendizado , pois para ela eu não sei neim u portugueis. Estudei por minha conta e sofri inumeras perseguiçoes por querer e estudar. Vejo que antes de facultar tais coisas é necessario focar ou mudar o foco da formação policial neste País. Mudar os criterios de promoção e a forma de promoção. está tudo errado meus caros. abç.

    • Sou praça de 1991. antes de me tornar policial, nunca estive satisfeito por fazer parte da minoria. nada foi facil para um dos 6 filhos que apenas meu pai, trabalhando dia e noite, sustentava. ele me disponibilizou apenas o basico e resolvi correr atrás do que eu merecia. Na minha carreira, tb nao tive facilidades, mas sim, oportunidades as quais agarrei com unhas e dentes sem sequer pensar em prejudicar outros profissionais. Acho que realizei meus cursos de formação e aperfeiçoamento, da mesma maneira e situação que muitos policiais que conheço. Nao esperei que criassem a s condições para eu galgar meu êxito. terminei minha graduação com 35 anos de idade; me vi estacionado no tempo e nao me conformei com isso; comecei viajar e conhecer o mundo; deixei de fazer amizades e conhecer lugares devido ao ingles deficiente; me matriculei em um curso regular, mas nao me sentia satisfeito com o andamento do curso; entrei de LE e ao contrario do que muitos fazem, nao optei por trabalhar de segurança em estabelecimentos particulares; vendi meu carro ( um Gol 2000) e fui fazer intercambio na Australia; vivi por 6 meses, trabalhando e estudando ingles; me aperfeiçoei por conta propria e para meu aprimoramento pessoal. qdo retornei ao brazil, procurei me inserir no campo de trabalho que atendia meu potencial; resolvi mostrar que, independente, de ser praça, tinha o meu valor; valor este mostrado durante meus 23 anos de serviço. hoje, cada vez mais, nao me sinto satisfeito por estar entre a minoria ou deixar que me sinta assim; protesto contra a forma de tratamento e provoco as oportunidades, e assim vou mostrando, a quem duvidar, que faço parte de um grupo diferenciado de ” pessoas” as quais nao estão a procura de facilidades e cotas. nao aceito a diminuição de quem eu sou. sou ST PM. exijo o respeito pelo que eu mostro. vencer cabe a vc mesmo. vença e supere a vc mesmo. A PM, apenas me deu a vontade de ser melhor; paga pelo meu serviço prestado; peço apenas a oportunidade, o resto é comigo. Não espere nem culpe quem quer que seja pelas dificuldades; faça a diferença e torça para que todos ( praças ), façam o mesmo. Fui submetido à avaliação da IGPM para missão de paz no ultimo mês, juntamente com outros 12 oficiais e passei. 3 oficiais e 2 sargentos foram reprovados. estou aguardando as outras fases da avaliação e esperançoso por mais uma oportunidade de mostrar que sou capaz, apesar das dificuldades que vc mesmo citou. abraços

      • Bom, Da Mata!

  2. é lamentavel ver que a censura tomou conta de um blog que acredito que foi criado para que policiais independente do posto ou graduação pudesse expor suas opiniões sobre os mais diversos assuntos. Entendo que falar a verdade não é incorrer em desvio de conduta e de punição com a censura. Entendo que as praças em especial são mal formadas e preparadas sim e que oferecer ditas “oportunidades” como esta é brincar com a classe. Em 20 anos a policia ofereceu a mim e outras inumeras praças apenas 105 disparos de arma de fogo e isso é um absurdo. Quanto a exigir que policiais dominem uma segunda lingua, isso é otimo, mas quando foi que a policia ofereceu isto aos policiais, digo as praças. Eu, por minha luta e dedicação além de minhas forças e vontade estudei e hoje curso ingles, mas não para a policia. Sou linceciado, bacharel e mestre em Geografia em uma universidade federal, mas os senhores não tem ideía do quanto tive que briga com chefia, do quanto me estressaram por eu querer estudar. A policia nunca me ajudou-me nesta empreitada, logo não posso empenhar meus conhecimentos particulares em prol dessa policia que se quer considera esta formação como criterio de promoção. Lamento pelo fato nossas autoridades escolher o caminho da censura e da força para calar os poucos que ainda cultivam a verdade. att.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: