Regulamentação da Organização Básica da PMDF não contempla assuntos internacionais

A Regulamentação da Organização Básica da PMDF, publicada pelo Decreto 31.793, dt. 11 de junho de 2010 – DODF, não contemplou qualquer estrutura na Corporação para assuntos de missões no exterior, cooperação internacional na área policial e operações de paz.

Hoje em dia, praticamente toda instituição policial no mundo possui uma seção (ou algo semelhante) que atua na assessoria para assuntos internacionais, principalmente com o aumento das cooperações entre os países e instituições.

Ao longo do processo de reestruturação da Corporação, que de fato merece elogios ao proporcionar vários avanços, muito se aguardava uma posição de vanguarda nesse ramo por parte da PMDF, visto papel de liderança em incentivar (por liberações e treinamentos) os seus integrantes ao menos em assuntos de operações de paz.

Muito provavelmente, esses assuntos, quando surgirem, serão gerenciados pela nova Secretaria-Geral, responsável agora por assuntos de Operações de Paz e não mais a Diretoria de Ensino. E possíveis parcerias serão analisadas pontualmente pelo Comandante-Geral de maneira direta e casual, e não como forma de programa e política institucional.

Os intercâmbios ainda são mínimos e não são vistos com bons olhos por muitos! Nesse sentido, estamos anos atras de países desenvolvidos e em desenvolvimento (e ainda os mais pobres). A troca de experiência com outras culturas são elementos favoráveis para criação do amadurecimento interno do efetivo e de políticas institucionais em muitas materias.

Provavelmente andaremos em lentas marchas nesse sentido. Espero estar enganado!

Logicamente, que o Comandante-Geral da PMDF poderá, a seu critério, instituir e criar estruturas que abracem esses temas, visto a não contemplação no diploma legal, podendo assim fazê-lo em atos adminstrativos internos, os quais podem (poderiam) contextualizar e inserir a Corporação em debates e aquisição/trocas de conhecimento/experiência com policiais de todo o mundo.

Por exemplo, tratar de assuntos de direitos humanos hoje ainda é ponto de grande resistência no meio da tropa (verificar postagem de hoje do Blog Inteligência Policial). Fato claro da nossa necessidade de buscar mais conhecimento e aprendermos com os que estão a nossa frente.

Experiência em grande eventos esportivos e de turimo: Com a Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo de Futebol 2014, onde Brasília será cidade-sede, cooperações e intercâmbios policiais são importantes e necessários. Neste ano já tivemos os Jogos Olímpicos de Inverno no Canadá, atualmente a Copa do Mundo FIFA 2010 na África do Sul, sem contar com outros tantos.

O Marco Antonio da BMRS postou o enviou de Comissão da Brigada para a Copa.  Se a PMDF está engajada nessa área, pelo menos até agora não foi dada a devida publicidade!

NOTA DO BLOG:

Reitero que este Blog tem como tema de discussão assuntos voltados a participação de policiais em Operaões de Paz, parcerias e intercâmbios entre países/políciais e programas de estudo e coorperação técnico-profissional e acadêmica entre policiais, sempre incentivando os comandos a se sensibilizaram quanto a importância das questões para o fortalecimento da Instituições.

Anúncios
Published in: on junho 16, 2010 at 2:29 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2010/06/16/regulamentacao-da-organizacao-basica-da-pmdf-nao-contempla-assuntos-internacionais/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: