Major Becker (PMMA) descreve “onda de violência no Kosovo em 2004”

“Companheiro, lembrando das agonizantes horas que passamos em meio ao caos completo e barbáries de toda a sorte nas ruas de Pristina entre 17 e 29 de março de 2004, pensei que algumas fotos e os emails remetidos a Brasília e familiares, seriam ilustrativos para que se entendesse a aflição pela qual passamos e nossos conterrâneos por igual, ao acompanharem os noticiários internacionais pela TV.

Seguem abaixo, alguns desses emails e fotos que ainda tenho arquivados.

Abraços,

Major Becker

03 de Junho de 2009”

 

  

Email: Quinta-feira, 18 de Março de 2004 08h05min:

” COM CALMA… Hoje, quando FOR POSSÍVEL, abram o noticiário da NET na parte INTERNACIONAL  para ver que ontem o dia aqui foi DIFÍCIL, com confrontos, mortes, linchamentos, guerra civil, incêndios, protestos com milhares de pessoas nas ruas, emboscadas, violência desmedida!!! EM PRISTINA / KOSOVO… Podem checar, com toda a calma… FOI VIOLÊNCIA  e TIROS o dia e a noite inteira , com mais de 700 feridos entre civis, militares e INTERNACIONAIS (UN Staff)! Ainda estamos em alerta máximo e eu apenas com duas mal dormidas horas, apos uma noite de vigílias, patrulhas e check points em estradas de acesso às áreas das minorias servias;… Estou exausto e somente resolvi escrever por estar sem vontade de dormir POUCO… Ainda estou no quartel general enquanto minha equipe descansa um pouquinho. Quero desabar na cama com perspectivas de, no mínimo, 8h de sono.

Major UNMIK A. Becker

PS: Desculpe a falta de humor…”

 

Email: Quinta-feira, 18 de Março de 2004 10h06min:

*****wrote:

EMAIL DO **** / Ministério da Defesa

” Caro Major Becker,
Estamos acompanhando pelo noticiário a situação de instabilidade no Kosovo, com agressões inclusive à presença da ONU no país (viaturas queimadas etc.). Gostaria de receber informações, com urgência, se os brasileiros na UNMIK estão bem e em segurança.
Forte abraço!
****”

 

 Email: RESPOSTA: Quinta-feira, 18 de Março de 2004 14h09min:

” ***, respondendo seu email posso afiançar que nossos companheiros brasileiros aqui no KOSOVO estão gozando de perfeita saúde. Desde cedo, nesta missão de paz, ascendemos a posições operacionais e administrativas que nos facultaram boas conexões;

Os acontecimentos das últimas 48 horas dão margem a muitas especulações sobre o que por aqui se passa. Com base nas colocações funcionais que galgamos, tivemos opções de escolha e, em virtude disto, felizmente, não participamos dos confrontos urbanos com a população, que se estenderam por todas as cidades com dupla etnia. Todavia, pudemos testemunhar repetidas cenas de pura barbárie… Posso garantir que o Major PMDF Cesar, Major PMDF Jean e eu próprio estamos fisicamente bem; já  não podendo responder por aspectos outros de caráter pessoal e/ou emocional. A situação é realmente DE GRANDE RISCO, e o efetivo policial INTERNACIONAL está empregado em sua totalidade na contenção dos distúrbios, checagem de conexões rodoviárias, guarda de prédios administrativos de relevância estratégica, preservação do patrimônio das Nações Unidas, desarmamento e proteção às minorias. Posso dizer, sem exageros, que o emprego se dá nas 24 horas do dia. Daí a nossa estafa física… Resultado de parcas duas horas de sono desde o início dos acontecimentos.

Abraços,

 Peço a gentileza de tranquilizar nossos irmãos Policiais Militares das duas Corporações mediante instrumentos oficiais, garantindo-lhes a fidelidade das informações que ora transmito.

Senhor , em nome do contingente brasileiro no Kosovo, afianço-lhe nossa consideração e respeito.

Peço ainda que releve quaisquer eventuais incorreções em meu texto, uma vez que os teclados daqui não comportam nossa acentuação e, nesse instante, estou escrevendo, a seu pedido, em meio a um apronto operacional pelo qual sou responsável.

Saudações brasileiras em serviço da paz.

Major UNMIK A.BECKER

Brazilian Contingent Commander”

Controntos e manifestações em Pristina:

contencao%20de%20disturbio[1]

desembarque%20em%20via%20urbana[1]

Momentos de descontração com policiais da Gendarmeria argentina:

Entre%20Argentinos%20na%20Fronteira%20Macedonia[1]

servio%20sendo%20espancado%20em%20via%20urbana[1]

Situacao%20Obelice[1]

Bec%20CP%20UNMIK[1]

Anúncios
Published in: on junho 5, 2009 at 1:11 am  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2009/06/05/major-becker-pmma-descreve-onda-de-violencia-no-kosovo-em-2004/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Caro Major Becker, lembra de mim aquele portuga que cumpriu a missão com os colegas brasileiros. Estava por qui a navegar e fui deparar com este blogue, bela intervenção a sua. Um grande abraço para si e para o Jean e César.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: