Situação discriminatória dos UNPOLs no Haiti (MINUSTAH – fev 09)

Lamentavelmente, recebemos más notícias da UNPOL no Haiti. A situação mudou muito desde 2007, onde tudo era bem diferente. As “máfias” de certas nações e regiões parecem estar ainda mais latentes e como temos apenas 4 policiais na Terra de Toussant, fica difícil contornar certas discriminações.

 “Eis algumas considerações de tratamento discriminatório que os UNPOL recebem no Haiti:

1) UNPOL são os únicos que trabalham todos os dias, de segunda a segunda, das 08 às 17h, sem nenhuma folga semanal. Os militares e civis folgam aos sábados, domingos e feriados.

2) Apesar de trabalharmos mais que os militares e civis, a nossa folga é bem menor que a deles, e somente após 8 meses conseguimos gozar 24 dias. Já os militares e civis conseguem 30 dias de folga a cada 3 meses, pois apenas para eles os finais de semana e feriados não são contados como dias de folga.

3) UNPOL não tem direito a conta pessoal de e-mail e lotus notes. Só para militares e civis.

4) Veículo de UNPOL é para cada 5 passageiros, e tem veículo com 7. Militares têm 1 veículo para cada 2. E cada civil tem seu próprio veículo, para uso só dele.

5)  Tem seção da UNPOL com 1 computador para 12 pessoas, como meia hora de uso por dia. Cada militar tem seu próprio computador, e cada civil tem 1 laptop.

6) Celular na UNPOL é só para Chefe de Departamento. Militares tem geralmente 1 ou 2 celulares para cada seção. E todo civil tem celular. Tem seção onde tem um civil,  chega a ser vergonhoso, pois quando ele chegou aqui recebeu um veículo Nissan Patrol, 1 celular e 1 laptop para uso só dele. E ele é apenas um Techincal Adviser, nem Engenheiro é!

7) No prédio de 8 andares onde funciona a sede da MINUSTAH, advinha onde funcionam as seções dos militares? Se pensou que era no térreo ou primeiro andar, errou. Os militares trabalham no segundo sub-solo do prédio, onde nenhuma sala tem uma janela sequer. Apenas o Force Commander trabalha na última sala do primeiro andar. Todo o prédio, que era um hotel e os quartos foram transformados em escritórios, é ocupado pelas seções dos civis. Ou seja cada escritório tem seu banheiro próprio! Os poucos UNPOL que trabalham nesse prédio, estão no último sub-solo, ou em conteineres no pátio do fundo. A sede da UNPOL funciona em outro prédio nas proximidades.

9) E o estacionamento é um piada. As vagas mais próximas das seções são para uso exclusivo dos civis, e são vagas nomeadas. E mesmo aos sábados e domingos quando os civis não trabalham, não podemos estacionar ali. O nosso estacionamento é em outro local, a uns 500 metros de distância.

Bom é mais ou menos assim que as coisas funcionam no Haiti. Como o Haiti é perto dos EUA, aqui tem muito funcionário da ONU que pede pra trabalhar aqui, pois além do salário de Nova York, acumula o MSA, e apesar do custo de vida aqui ser bem alto, ainda é menor que o de Nova York. Então aqui estamos bem cientes que esta missão foi criada pelos civis e para os civis, e por isso existe um certo interesse que tudo continue como está, com poucas mudanças.”

 

Anúncios
Published in: on fevereiro 18, 2009 at 12:40 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://missaodepaz.com/2009/02/18/situacao-discriminatoria-dos-unpols-no-haiti-minustah-fev-09/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: